O cliente tem sempre a razão?

O cliente tem sempre a razão?

O cliente é a ÚNICA razão.

Dias atrás ouvi um empresário reclamando de uma situação conflituosa com uma cliente. Por causa de uma situação corriqueira, falta de informação ou transparência, foi gerado um atrito que destruiu a relação entre a cliente e a empresa. E tudo isso aconteceu por falhas no processo e falta de clareza na informação repassada à cliente.

Diante desse cenário, é necessário refletir sobre as relações de consumo dos tempos atuais, com mudanças constantes.  Quem não se adaptar  às novas regras do jogo, certamente será carta fora do baralho.

Para ilustrar, a Uber não acabou com os negócios dos táxis. Acesso limitado, facilidade e tarifas mais baratas sim.

A Apple não acabou com a indústria da música. Ser forçado a comprar um álbum inteiro sim.

A Amazon não acabou com os varejistas. Pobres serviços de atendimento ao cliente e experiência sim.

A Airbnb não está destruindo a indústria de hotéis. Disponibilidade limitada e opções de preço sim.

Netwise

A questão é: o cliente é a ÚNICA razão pela qual o seu empreendimento existe. Todos as empresas existem para resolver alguma demanda do cliente. E ainda tem empresário que acha que seu negócio é apenas “vender” determinado produto!

Quem não se adaptar às novas demandas dos consumidores, estará fora do mercado.

Ganhe dinheiro usando produtos que você já usa

Seja sincero e responda: Você tem o hábito de tomar banho e escovar dentes todos os dias? E você usa sabonete, shampoo, condicionador, gel dental, e logo após desodorante?

Concorda que você vem gastando o seu dinheiro com esses produtos e isso não vai parar nunca?

Se você fosse hoje ao supermercado comprar esses produtos e, chegando lá, um setor do estabelecimento lhe informasse: “Faça o seu cadastro aqui e compre tudo pela metade do preço pelo resto da vida”.

Você faria o seu cadastro? É claro que sim.

A atendente então lhe pergunta se você gostaria de indicar amigos e familiares para terem o mesmo benefício. Você indicaria? Todos nós indicamos diariamente alguma coisa: indicamos o melhor mecânico, o restaurante, a pizza, a loja de roupa, porém, não ganhamos nada com isso.

A atendente do supermercado continua a informação: “Continue indicando. Por você nos ajudar a conseguir novos clientes e aumentar o faturamento do supermercado, vamos te pagar 10% de comissão sobre todas as compras dessas pessoas todas as vezes que elas voltarem aqui pelo resto da vida. Elas também podem indicar novos clientes e você também será comissionado”.

O Consumo Inteligente vem ganhando força e já é indicado como o Negócio do Século XXI e talvez você ainda nem tenha ouvido falar.

Ter duas ou mais fontes de renda é uma atitude inteligente.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄