fbpx

“Você” é uma série sobre qualquer coisa – menos sobre o amor

Produção perturbadora da Netflix retrata de forma detalhista e bem elaborada as características de um abusador em um relacionamento amoroso.

João Alves


Não é de hoje que o audiovisual, seja através de produções seriadas ou de filmes, mira a sua câmera para os relacionamentos abusivos. De “Dormindo com o inimigo“, tradicional filme de 1990 sobre uma mulher que convive diariamente com o seu agressor, à “Maid“, minissérie sucesso de crítica lançada no início deste mês, muitos são os títulos que tentam desenhar os contornos de uma relação que, com o passar do tempo, começa a doer.  “Você”, no entanto, atinge um outro patamar de violência. 

A série, que estreou recentemente a sua terceira temporada na plataforma de streaming Netflix, é uma trama criativa e cheia de reviravoltas, motivo pelo qual consegue conquistar o público logo em seus primeiros episódios. “Você”, ou “You” no original,  tem como personagem central um simpático atendente de uma livraria cuja maior ambição, senão a única, é encontrar a sua alma gêmea – só que não. Por trás da imagem sedutora e do comportamento supostamente comum, reside um homem obsessivo e extremamente perigoso. 

 

De homem comum a serial killer

 

O título da série faz referência à narração em segunda pessoa – você – usada por Joe para descrever de forma intimista as feições e os trejeitos de Beck, uma aspirante a escritora por quem se apaixona, ou melhor, por quem desenvolve uma preocupante obsessão. Deflagrado o sentimento amoroso, e usando ele como desculpa, o personagem passa a stalkeá-la, privá-la de suas amizades e, constantemente, usar da violência física como forma de mantê-la na relação – situação típica de relacionamentos abusivos. Porém, a obsessão de Joe é tamanha que o protagonista parece não se importar em iniciar uma verdadeira “caçada” aos demais personagens da série para que a “amada” não descubra o seu caráter duplo (e incrivelmente perverso). 

Desta trajetória de homem comum a serial killer, depreende-se que “você” é uma série sobre qualquer coisa – a engenhosidade com que Joe executa seus planos faz da história um ótimo suspense – menos sobre o amor. Embora o público veja a produção através do olhar distorcido do abusador, que tenta transformar em poesia aquilo que nada mais é que senão violência e abuso, a preocupação da série está em decifrar a mente de um homem inseguro, perigoso e com um passado obscuro. Elemento este que continua, inclusive, nas demais temporadas do seriado. 

 

(Foto:Netflix/Divulgação)

 

Anota aí

As três temporadas de “Você” (You) estão disponíveis na Netflix. A série é uma recomendação especial para os fãs do gênero suspense, mas a história consegue cativar também outros públicos em razão da narrativa inteligente e dos contrastes da série – a delicadeza com que os eventos são narrados por Joe se choca com a violência das principais cenas. Além disso, a relevância social de se discutir a problemática dos relacionamentos abusivos na atualidade é um ponto que conta a favor da produção. Já assistiu? Comente em nossas redes sociais o que você achou da série! 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄