fbpx

Nilson Bessas – Muito além da propaganda

Uma empresa que faz muita propaganda de seus produtos e serviços, nem sempre faz um bom marketing. Há uma grande diferença entre propaganda e marketing. Conhecer e entender bem esta diferença pode ser uma importante atitude para os empreendedores que estão começando seus negócios e uma ótima saída para as empresas que não conseguem sair do lugar.

 

 

 

Hoje em dia, deparamos frequentemente com micro e pequenas empresas que acreditam estar fazendo uma boa gestão do marketing em seus negócios, mas que na verdade, estão fazendo as coisas da forma errada, pois, não conhecem e nem mesmo dominam o assunto. O desconhecimento do tema parece não ter relevância, mas pode, a médio e longo prazo, trazer danos às empresas, como perda substancial de clientes, queda no faturamento e até o encerramento das atividades. Marketing é muito mais que propaganda e publicidade. Sua finalidade é criar valor e satisfação para o consumidor, suprindo suas necessidades e superando suas expectativas.

De acordo com o SEBRAE, o marketing conta com quatro instrumentos básicos de ação: 1º)– Produção de bens e serviços que atendam aos desejos do público; 2º)– Escolha do preço certo para estes produtos e serviços; 3º)– Distribuição eficiente e ágil; 4º)– Comunicação com o público (propaganda e publicidade).

No entanto, a propaganda e publicidade são os meios que uma empresa usa para comunicar ao público alvo os seus produtos e serviços, bem como seus preços, suas qualidades e diferenciais. Os veículos de comunicação para divulgar são inúmeros, como: canais de televisão, rádios, jornais, revistas, outdoor, internet (sites, blogs, links pagos, redes sociais, e-mails, etc.), mala direta, telefones, patrocínios e outros. Portanto, a propaganda e publicidade faz parte do marketing e não, por si só, é o marketing.

Segundo Philip Kotler, os atuais profissionais de marketing usam três conceitos centrais de como se conquistam e se mantém clientes: 1º)– Foco no consumidor e em suas necessidades, pois, quem manda é o cliente. 2º)– Criar, comunicar e entregar valor sabendo de antemão quais são seus valores, necessidades, percepções e crenças. 3º)– Lembrar que o objetivo final é ter um consumidor satisfeito e encantado.

“A ideia central do marketing é melhorar a vida dos consumidores, não apenas vender algum produto ou serviço a eles”. (Kotler). Diante deste conceito, pergunto: Será que estamos cumprindo com a ideia central do marketing? Ou estamos somente fazendo propaganda e publicidade para tentar desovar nossos produtos e serviços? É bom pensarmos nisso e reformularmos nossas gestões! O mundo está globalizado e os nossos concorrentes não são somente as lojas do lado, e sim, são empresas instaladas em qualquer parte do planeta. Sendo assim, conhecer e praticar o marketing, e não somente fazer propaganda, pode ser a nossa melhor estratégia.

Nilson Bessas Presidente do Conselho de Administração e Diretor Comercial/Financeiro do Sicoob Lagoacred Gerais. E-mail: nilson@lagoacred.com.br
Nilson Bessas
Presidente do Conselho de Administração e Diretor Comercial/Financeiro do Sicoob Lagoacred Gerais.
E-mail: nilson@lagoacred.com.br

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄