fbpx

Câmara de Lagoa da Prata vem 100% renovada para 2021

População mostrou nas urnas a rejeição com atual legislatura e nenhum vereador conseguiu reeleição. Os nove novos vereadores começam o mandato após um ano conturbado no legislativo municipal.

Alan Russel
@road_russel

O resultado das eleições para vereadores em Lagoa da Prata aponta uma reformulação total na Câmara Municipal. A atual legislatura foi pulverizada. O único atual vereador que teve êxito nas urnas foi Joanes Bosco, eleito vice-prefeito na chapa com Di-Gianne Nunes. Os demais eleitos em 2016, amargam a derrota nas urnas de 2020.

A atual legislatura chegou fragilizada às eleições. Ainda em agosto deste ano, Josiane Lúcia, que ocupava a cadeira de presidente da Câmara, teve seu mandato cassado. No processo de amarrações políticas para as eleições municipais, o vereador Cabo Nunes se lançou candidato a prefeito, enquanto os vereadores Preto e Quelli Cássia, figuraram em candidaturas de vice. Todos saíram derrotados da eleição à Prefeitura. Os demais vereadores tentaram reeleição. Lalinho, Adriano Moreira, Elias Isaías, Cida Marcelino e Janeany; nenhum dos atuais vereadores, conseguiu êxito nas eleições e estão fora da Câmara Municipal de Lagoa da Prata.

Nove novos nomes irão compor o quadro de vereadores de Lagoa da Prata.

• Sargento Washington
• Carol Castro
• Leandro Bibiano
• Soninha
• Cici
• Toninho da Laje
• Lisa da Saúde
• Hermano Fofão
• Pavio

A votação mais expressiva foi do sargento Washington, que teve 767 votos. Washington foi responsável direto pela derrota do atual vereador Lalinho, que obteve 751 votos (segunda maior votação das eleições). O Avante, partido do sargento Washington e Lalinho, conseguiu fazer votos suficientes para eleger apenas um vereador; sendo assim, Washington assume a cadeira, e Lalinho, apesar de ter a segunda votação mais expressiva para vereador, está fora da Câmara Municipal em 2021.

A reportagem do Jornal Cidade conversou com o vereador eleito, sargento Washington. O novo vereador agradeceu o apoio recebido e enfatizou a responsabilidade dos nove novos vereadores.
“Fico muito feliz pela eleição. Um resultado justo, disputado voto a voto e que demonstra o desejo de mudança que Lagoa da Prata tem. Eu pretendo colocar em prática tudo que expus na minha campanha, abrir a caixa do diálogo e da democracia para ouvir todos. Quero fazer um mandato participativo e coerente com aquilo que a gente sempre pregou”, finaliza Washington.

Três mulheres eleitas vereadores em Lagoa da Prata

As mulheres vão ocupar em 2021 três cadeiras na Câmara Municipal, mesmo número da atual legislatura. Enquanto saem Quelli Cassia, Cida Marcelino e Janeany; entram Carol Castro, Soninha e Lisa da Saúde.
O JC conversou com a assistente social Carol Castro, vereadora eleita com maior votação entre as mulheres, 680 votos. Carol agradeceu a votação expressiva e disse estar pronta para assumir a cadeira no legislativo.
“Tenho uma vivência grande na política pública, são 19 anos atuando na Assistência Social. Então, a gente tem uma visão geral das necessidades da comunidade de Lagoa da Prata. Quero trabalhar pela representatividade da mulher, pela assistência social, idosos, pessoas com deficiência, adolescentes, crianças e família; apontando os desafios do Executivo”, salienta Carol.

Política do assistencialismo continua elegendo vereadores em LP

Mais uma vez a política do assistencialismo obteve sucesso na eleição para vereadores em Lagoa da Prata. Dos nove vereadores eleitos, quatro atuam na área de assistência à saúde: Liza, Soninha, Pavio, além do motorista de ambulância, Cici.

A área de assistencialismo social também elegeu seus representantes. Além da assistente social por formação, Carol Castro, outro vereador eleito com um histórico de atividades relacionadas à assistência social na cidade é o senhor Leandro Bibiano. Eleito com 676 votos, Bibiano carrega a alcunha de João de Barro; batizado assim por contribuir durante muitos anos na Feira do Amor, instituição que auxilia na construção de moradias para a população carente da cidade.

Eleição aponta novas lideranças no cenário político municipal

Alguns candidatos não foram eleitos, mas tiveram grande representatividade nas urnas. Alguns só não conseguiram a eleição devido o desempenho do partido.
Lalinho, Fabão da limpeza, Elias motorista, Lauro Júnior e os atuais vereadores, Adriano Moreira e Janeany; candidatos que tiveram mais de 500 votos, ficaram de fora da Câmara, mas mostraram força no cenário político municipal.

Outros dois nomes que tiveram votação expressiva na primeira tentativa de pleitear uma vaga no legislativo são Marcos Guerra e Daniel do Bell, que tiveram 492 e 463 votos respectivamente, e saíram das eleições com boa representatividade.

E por fim, a tentativa do candidato a prefeito, Narcísio Naza, em emplacar o nome do Gonino como forma de protesto para a eleição de vereadores, não deu muito certo. Além de sair derrotado da eleição majoritária, Naza viu sua aposta naufragar para vereador. Gonino teve 435 votos e não conseguiu nem a suplência na Câmara Municipal de Lagoa da Prata.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄