Ambientalista de Dores do Indaiá está desaparecida há quatro dias

Ambientalista de Dores do Indaiá está desaparecida há quatro dias

Por: Centro Oeste Urgente

Netwise

 

A ambientalista Dagmar Giordani Gontijo, conhecedora dos acervos naturais da Bacia do Rio Indaiá e seu importante afluente Córrego Funchal, está desaparecida desde o dia 2 de janeiro quando saiu de casa, em Dores do Indaiá sem levar nenhum documento, deixando os familiares  preocupados, pois não mais entrou em contato. As autoridades policiais já foram notificadas, mas até agora não há nenhuma pista sobre seu paradeiro.

Em atividades ligadas ao meio ambiente, ela já foi contratada da Secretaria do Meio Ambiente do seu município e de Serra da Saudade.

Dagmar ajudou a criar jurisprudência no sentido para que as populações ribeirinhas do Indaiá adotassem o próprio parecer da CEMIG e se resguardem  contra  ameaças de projetos estranhos passíveis, em qualquer atividade, de colocar em risco os imensuráveis acervos naturais da região.

 

dagmar-giordani-8

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄