COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Preocupado com a privacidade nessa nova fase do whatsapp?

 

CIFRAS a PARTE, a única coisa que os 465 milhões de usuários do Whatsapp querem saber sobre a recente compra do aplicativo pelo Facebook é se as quase 50 bilhões de mensagens trocadas diariamente vão continuar seguras. Uma organização americana de proteção a privacidade chegou  até a enviar um documento solicitando a investigação sobre a aquisição, para saber qual o impacto que o negócio terá na privacidade dos usuários.

Continua depois da publicidade.

O fundador do Whatsapp, Jan Koum, apressou-se em dizer que o sigilo das conversas continuará inalterado. “O respeito à sua privacidade está no nosso DNA”, afirmou Koum em um post no blog da empresa.

A polêmica esquentou ainda mais o mercado de aplicativos de mensagens instantâneas, um fenômeno recente que já faz as operadoras de telefonia deixar de faturar 33 bilhões de dólares por ano com serviços de SMS em todo mundo. Até 2016, o valor da perda deverá somar 54 bilhões, segundo a consultoria inglesa Ovum.

Os aplicativos de comunicação instantânea crescem de modo vertiginoso. Conquistam os usuários com cada vez mais recursos, como chamadas por voz, fotos que autodestroem e GIFs animados. Existem opções para todos os gostos, abaixo outros apps, além do Whatsapp:

RELEY, SNAPCHAT, WICKR, VIBER, WECHAT, LINE, ZELLO ETC. Cada um com seu diferencial. Escolha sua nova opção.

rodrigo-alvaro-261x240
Rodrigo Álvaro é diretor proprietário da TR Computadores.
R. Modesto Gomes, 315, Centro, Lagoa da Prata/MG
Telefone: 37 3261-1241
E-mail: [email protected]

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp