COMPARTILHAR
FOTOS: Mário Antônio de Oliveira, em parceria com Hamilton Flores
Continua depois da publicidade.

Quanta gente amiga verdadeira que sobreviveu à peneirada do tempo! Foi assim que me vi no lançamento do livro TEMPO IMPRESSO, realizado dia 4 de julho de 2016, em Belo Horizonte, na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa.
Houve até um daqueles momentos em que toda a minha carreira literária (desde 1977, quando lancei o primeiro de meus 18 livros) se me mostrou justificada e detentora de algum sentido: um leitor, admirador de minha caminhada no mundo das letras, ao me cumprimentar, deixou-me nas mãos determinada quantia em dinheiro, segundo ele um prêmio à minha dedicação. Confesso-lhes que meus olhos ganharam a umidade dos pantanais mato-grossenses, onde nasceu minha saudosa mãe Betty.

Foi muito bom receber o abraço dos santo-antonienses Ana e Adílson Batista, o pintor Miguel Gontijo e sua esposa Lete; o casal historiador Rildo e Andréia (prestes a dar à luz um menino que se chamará Antônio Pedro) e velhos amigos dos tempos do indelével Diário da Tarde, como Margarida Oliveira (com a filha Mariana), Fagundes Murta, Flávia Freitas (com o filho Otávio), Elian Guimarães, Carlos Humberto Luz, Alexandre Martins, Gilberto Vilaça e a esposa Fabrícia; Célia, esposa do saudoso João Zacarias de Miranda Filho, com o filho Danilo (ressalto aqui, que o jornalista Neuber Soares, impossibilitado de comparecer devido ao trabalho, comprou um livro por intermédio da Célia); Pedro Maranhão, José do Carmo com a esposa Maria, Mário Antônio, Israel Fernandes, Nivaldo Marques (autor do designer gráfico do livro), o escritor Valdeci Almeida, Nelson Flores (ilustrador do romance “Jardim de corpos”). E ainda Olívio Lima e a esposa, o escritor João Silva de Souza, o escritor gaúcho Antônio Salazar Fagundes acompanhado de Luíza Mansur, a professora Jô, o jornalista “Carlão” Souza (Imprensa Oficial e Hoje em Dia), Eli Oliveira e Denise, Hamilton Flores (jornalista, fotógrafo e ex-professor do Uni-BH, onde fomos companheiros de curso de Jornalismo, quando a faculdade ainda era FAFI-BH), o jornalista Afonso Lamego, o jornalista Vinícius Fernandes Cardoso (de Contagem), Evaldo Faria (ex-proprietário da Pizzaria Casarão, em Santo Antônio do Monte) e tantas outras pessoas, que proporcionaram imensa alegria a mim, à minha esposa Nina e à minha família ali presente (o casal Lucas e , Renata, com a filha Júlia).

Continua depois da publicidade.

Ainda ao som da excelente trilha sonora do André Duarte e do calor da presença de amigos e leitores, meu muito obrigado a todos, indistintamente!

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp