COMPARTILHAR
Alessandro Carvalho de Sousa Terapeuta Homeopata CNT 31055/MG e-mail: [email protected]com.br
Continua depois da publicidade.

Adenoide é o nome dado a dois pequenos aglomerados de tecido linfoide que ficam localizados entre a parte de trás do nariz e acima da garganta, na região conhecida como rinofaringe.

Todos nascemos com adenoide, portanto ela não é uma doença ou um sintoma. E sim uma forma de proteção e defesa dor organismo contra partículas aéreas, vírus e bactérias que se acumulam no nariz e na garganta. A sua maior utilidade é na primeira infância, sendo que ela começa a crescer aos dois anos, tendo um pico de crescimento entre o terceiro e quarto ano e aos sete anos começa a regredir, ou seja, diminuir de tamanho.

Continua depois da publicidade.

Não é possível ver este tecido pelo nariz ou boca examinados a olho nu, como é o caso das amídalas, por exemplo. Então, no caso de suspeita de problemas com a adenoide, o pediatra encaminhará a criança para consulta com o otorrinolaringologista. O especialista poderá fazer a análise da região, diagnosticar o problema e indicar o melhor tratamento.

Grande parte dos problemas relacionados a adenoide acontecem durante este pico de crescimento, uma vez que ela pode vir a obstruir a passagem do ar pelo nariz, problema conhecido como a hipertrofia de adenoide.

Outros problemas de adenoide são a adenoidite, uma infecção viral ou bacteriana da região, e a adenoidite de repetição, que é quando ela ocorre diversas vezes. Além destes, é estudada a possibilidade da adenoide atuar também como foco de cultura de bactéria para os seios da face, o que poderia estar relacionado, entre outros problemas à sinusite de repetição.

Causas

Os fatores que provocam o desenvolvimento dos problemas de adenoide, ou seja, as suas causas, ainda não são inteiramente conhecidos.

Sobre a hipertrofia da adenoide, o que se sabe é que é uma característica da própria criança, então algumas terão um crescimento normal e em outras ele será aumentado. Isso independe, inclusive, se a criança tem rinite, asma, dermatite atópica ou outros sintomas alérgicos e/ou respiratórios.

A causa mais comum da adenoidite é uma infecção viral, mas algumas crianças têm mais predisposição a ter o tipo bacteriano e de repetição. A adenoidite está relacionada com rinites, sinusites e até otites, por causa da sua localização entre o nariz e a garganta, que também tem ligação com os ouvidos.

Sintomas de Adenoide

Os sintomas de que algo não vai bem com a adenoide da criança dependem de qual problema ela está apresentando. No caso de hipertrofia da adenoide, ou seja, quando elas aumentam de tamanho, os principais sintomas são:

  • Ronco;
  • Respiração pela boca durante o dia e a noite;
  • Apneia obstrutiva do sono;
  • Menor controle sobre o sistema urinário, tendo episódios recorrentes de xixi na cama;
  • Sono agitado;
  • Dificuldade para se alimentar
  • Agitação
  • Irritabilidade
  • Baixo nível de concentração
  • Maior incidência de doenças pulmonares e alergias

Os sintomas como agitação, irritabilidade e falta de concentração estão muito relacionados a uma qualidade de sono ruim na criança. O xixi na cama também, uma vez que é durante o sono que a criança produz os hormônios que ajudarão neste controle.

Os sintomas da hipertrofia da adenoide em adultos estão relacionados à doença que está ocasionando o problema. Além destes, a pessoa pode apresentar:

  • Ronco (que pode ser bastante alto);
  • Respiração pela boca;
  • Acordar com a boca seca;
  • Irritação;
  • Dificuldade para praticar exercícios por causa da respiração.

Os sintomas de adenoidite são:

  • Febre;
  • Secreção amarelada pelo nariz;
  • Tosse seca;
  • Mau hálito (halitose);
  • Alteração no olfato (passa a não identificar os cheiros);
  • Dificuldade para se alimentar;
  • Cheiro ruim que vem do nariz.

Quando estes sintomas se repetem a cada três ou dois meses, ou até todos os meses, pode ser sinal de adenoidite de repetição.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp