fbpx

Santo Antônio do Monte – Professora é vencedora do Prêmio ‘Educador Nota 10’

A professora de Santo Antônio do Monte,  Ana Cláudia Santos, é uma das finalistas do Prêmio educador nota 10.  A Fundação Victor Civita (FVC), em conjunto com um grupo de especialistas da área de educação, elegeu, por meio de um criterioso processo de seleção, os dez vencedores da 17a edição do Prêmio Educador Nota 10, que receberão como prêmio uma assinatura das Revistas NOVA ESCOLA ou Gestão Escolar Digital, um tablet e um vale-presente no valor de R$ 15 mil cada um.

[pull_quote_right]O reconhecimento de abrangência nacional da premiação expõe a excelência dos trabalhos e ressalta a qualidade dos docentes brasileiros. Com isso, novas oportunidades profissionais se abrem e, consequentemente, mudanças positivas acontecem na vida dos vencedores[/pull_quote_right]

De acordo com a diretora executiva da Fundação Victor Civita, Ângela Dannemann, o prêmio tem como objetivo identificar, valorizar e divulgar experiências educativas de qualidade, planejadas e executadas por educadores que atuam em escolas de ensino regular,  “O reconhecimento de abrangência nacional da premiação expõe a excelência dos trabalhos e ressalta a qualidade dos docentes brasileiros. Com isso, novas oportunidades profissionais se abrem e, consequentemente, mudanças positivas acontecem na vida dos vencedores”, explica.

Nesta edição, que conta com a parceria da Abril, da Globo e da Fundação Roberto Marinho, mais de 3.500professores, coordenadores pedagógicos, orientadores educacionais e diretores escolares de todos os Estados brasileiros se inscreveram para concorrer à premiação.  Para definir o seleto grupo, a FVC avaliou os trabalhos levando em conta a adequação entre os objetivos, as ações desenvolvidas e as aprendizagens alcançadas pelos alunos.

A diretora da escola, Cristiane Rodrigues de Oliveira, diz que mesmo antes do resultado já se sente orgulhosa. “Estou muito orgulhosa em saber que somos do interior e temos professores competentes para chegar neste prêmio junto com os alunos que fazem parte do projeto”, comentou.

[pull_quote_left]Estou muito orgulhosa em saber que somos do interior e temos professores competentes para chegar neste prêmio junto com os alunos que fazem parte do projeto[/pull_quote_left]

Os alunos escreveram as histórias e fizeram uma coletânea com os textos em um livro eletrônico. O resultado foi o desempenho dos estudantes. “Eu estou lendo mais, escrevendo mais e escutando mais histórias”, disse a estudante de 11 anos, Maria Eduarda Ferreira.

 

Fontes: Assessoria de Comunicação da Fundação Victor Civita.

Fotos:  G1

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄