Biosev inicia ações de combate e prevenção de incêndios

Biosev inicia ações de combate e prevenção de incêndios

A pessoa que for pega colocando fogo em canaviais poderá ser presa, pegando de 1 a 4 anos de detenção, além de multa.

A Biosev realizou uma reunião nesta quinta-feira (18),  para lançar a campanha de combate e prevenção aos incêndios. Há doze anos, a empresa de Lagoa da Prata encerrou o processo de queimadas que fazia parte do sistema de colheita da cana e, desde o ano de 2016, passou a realizar a colheita 100 % mecanizada.

Netwise
Foto: Biosev/Divulgação.
Foto: Biosev/Divulgação.

Estabelecendo práticas ambientais e cumprindo a legislação, a empresa vem investindo em campanhas e tem como uma de suas prioridades em sustentabilidade a prevenção e o combate aos incêndios, especialmente durante o outono e inverno, quando o tempo mais seco favorece as condições de incidência e propagação de incêndios nos canaviais e áreas do entorno.

A empresa fará uso de helicópteros durante 8 semanas, caminhões de apoio, equipe de brigada e drones para atuarem na fiscalização de autores de incêndios criminosos. Além do uso de tecnologia via satélite, que fará o monitoramento 24 horas.

De acordo com o engenheiro ambiental, José Lucas, a queima promove falta de produtividade, perda de maturação, perda de produção, além de prejuízo financeiro.

Rafael Lovato, superintendente da unidade de Lagoa da Prata, afirmou que a empresa tem deixado bem claro que a queima do canavial no final da colheita não tem vantagem nenhuma para a unidade. “O trabalho deixa bem claro que somos contra os incêndios, que degradam a qualidade da cana, do solo, riscos com pessoal. Gostaríamos que as pessoas entendam que não existe mais”.

Foto: Biosev/Divulgação.

Segundo os representantes da empresa, 2020 será um ano difícil em relação às queimadas por ser um ano mais seco. Assim, a empresa, mesmo que desenvolva há um tempo, tem reforçado os trabalhos de conscientização junto à comunidade, como palestras em escolas.

A pessoa que for pega colocando fogo em canaviais poderá ser presa, pegando de 1 a 4 anos de detenção, além de multa.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄