COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.
O atleta de apenas 12 anos já possui mais de 24 medalhas e troféus, e agora um título mundial

 

O santantoniense Petrochelli Júnior conquistou no dia 18 de janeiro a medalha de ouro no Mundial da Confederação Brasileira de Jiu Jitsu Profissional, em Teresópolis -RJ. Filho de Elisângela Martins Araújo e Petrochelli Pereira de Arújo, Júnior disse que a sensação de ter ganho o campeonato foi de muita alegria “Fiquei com a sensação de dever cumprido, pois havia jurado para mim mesmo que traria a medalha de ouro”, afirmou.

Continua depois da publicidade.

Com apenas 12 anos, o atleta tem mais de vinte e quatro medalhas e troféus estaduais, e agora um título
mundial. De acordo com Petrochelli, o seu oponente era muito competente, mas seu desejo de trazer a medalha de ouro para Santo Antônio do Monte era bem maior. “O garoto era duro, mas eu ganhei graças a Deus e a meus professores”, afirmou.

Fiquei com a sensação de dever cumprido, pois havia jurado para mim mesmo que traria a medalha de ouro

O atleta conheceu o jiu–jitsu quando tinha apenas seis anos e atualmente tem graduação faixa laranja. Ele treina todos os dias da semana e perdeu apenas duas lutas em competições oficiais das quais participou. “Meu objetivo é participar dos campeonatos brasileiros, regionais e mundiais. Inclusive meu mestre está vendo se conseguimos ir para a Argentina no meio do ano para eu disputar um campeonato mundial, mas não tem nada certo ainda”, destacou

Petrochelli ainda enfatizou as dificuldades que enfrenta para continuar participando das competições. “A maior dificuldade que tenho é em relação ao patrocínio, pois o custo para participar das competições não é barato. Alguns amigos e a Secretaria de Esportes me ajudam, mas mesmo assim fica muito caro”, frisou.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp