COMPARTILHAR
Fotos: Marcos Fonseca
Continua depois da publicidade.

No último sábado (21), no Estádio Arnaldo Faria Tavares foi realizado a 2ª partida da grande final da Copa Regional Sicoob Credimonte entre os tradicionais clubes de nossa cidade Nacional e Flamengo. O Clássico mobilizou a cidade durante toda a semana que antecedeu a partida com carreatas, bandeira nas casas, entrevista na rádio, divulgações nos jornais, batucadas, carros de sons, concentrações das torcidas e outras manifestações de apoio. Esta final resgatou com muito estilo os tempos de ouro deste confronto, que foi entre as décadas de 60, 70, 80 e 90, onde os torcedores abraçaram este clássico e o transformaram numa grande festa na partida final com estádio, tendo publico recorde com aproximadamente 2 mil pagantes, fora crianças e mulheres. As torcidas deram exemplo de cidadania e respeito mútuo, provando que são rivais sim, mas além de tudo uma grande família Santo-antoniense.

Mas vamos para o jogo que decidiu o confronto o Nacional com uma equipe, mais encorpada, entrosada e jogando em seu estádio, que já no início da partida quis resolver e decidir a parada, e não foi diferente marcou 02 gols rápido com Ierkies e Kowaslki, dando tranquilidade à equipe e passando todo nervosismo e tensão para a equipe do Flamengo. Já no segundo tempo, em algumas substituições, o Flamengo tentou uma reação, mas para na boa marcação do Nacional, que chegou ao 3º gol com atacante Vinicius Paraíba, para alegria de seus torcedores que vibravam e cantava e não demorou muito para chegar ao 4º gol com Kowaslki dando mas tranquilidade a equipe que jogava com segurança para conquistar o titulo, já no final o Flamengo descontou com Thulio dando números finais a grande final. Nacional Campeão com muitos méritos e exemplo de superação e trabalho que sendo eliminado nos pênaltis prematuramente numa competição que era o grande favorito, mas diretores, jogadores e torcedores continuaram com mesmo projeto para conquistar títulos importantes e assim chegou a esta conquista, premio para esta torcida apaixonada que tem orgulho de gritar e cantar NAÇA É RAÇA! NAÇA É RAÇA!!

Continua depois da publicidade.

Já o Flamengo também tem seus méritos, que com pouco tempo de trabalho conseguiu montar uma equipe competitiva e sai desta competição fortalecido por ter resgatado o respeito e o carinho de seus torcedores que o apoiaram com alegria e ganhando uma Torcida a Jovem Fla Dom – Dom  que apoiou seu time do Coração.

Ficha técnica do jogo:

Nacional 04 x 01 Flamengo

Gols: Kowaslki 02, Vinícius Paraíba 01, Ierkies 01 – Thúlio 01

O Nacional jogou com Moisés Pires, Euler, Marcelo Filho, Paulo Roberto, Gleissinho, Luiz Gustavo, Lucas Araújo, Kowaslki, Ierkies, Vinicius Paraíba, Rafael, Douglas, Miller, Iago, Pedro Onofre, Joao Vitor, Orlando Buiu, Flavio, Bruno, Juliel e Tales Melo comissão Técnica: Vinicius Pimentel e Fabricio.

O Flamengo jogou com Marcelo, Mateus, Thulio, Reinaldo, Eduardo, Luis Augusto, Guinho, Jeferson Pelado, Romário, Diego Canedo, Gilson – Bia, Luis Claudio, Alencar, André Tijucana, Trakinas, Wilson Junior e Eduardo. Comissão Técnica Paulo Roberto, Wantuil Ferreira de Paula e Wantuil Filho.

Premiação:

Campeão: Nacional

Vice Campeão: Flamengo

Artilheiro: Ierkies (Nacional) com 06 gols

Melhor goleiro Moises Pires (Nacional)

Craque da Competição: Luis Gustavo (Nacional)

Craque Revelação: Trakinas: (Flamengo)

Melhor Tecnico: Vinicius Pimentel (Nacional)

Melhor Dirigente: Alecio (Nacional)

Homenagem Especial: Jose Rodrigues Lacerda- zé do Bila (Nacional)

Arbitragem: Murilo Francisco Misson Junior, Pablo Miranda, Luiz Antônio Barbosa, todos da Federação Mineira de Futebol e Credenciados a CBF e o Mesário Robson José dos Santos. (Liga Municipal de Desporto de Santo Antônio do Monte). Os 02 jogos das finais teve a arbitragem da CBF que contou com o prestigio de Marcio Teixeira junto a Federação Mineira de Futebol que os apoiaram para esta arbitragem o Presidente Castellar Neto e o diretor do Departamento de Futebol Amador Edilson Virgilo (Katita).

É importante registrar para o sucesso e brilho deste espetáculo esportivo em nossa cidade teve o empenho dos dirigentes dos clubes do Nacional Alécio Aparecido dos Santos e seu diretor Welington Carvalho Gois (DI) e do Flamengo Thiago Alves Bolina Batista e seu diretor Lucio Andrade Batista que não mediram esforços para que tudo transcorressem com a, mas absoluta segurança para o público presente, jogadores e arbitragem e todos envolvidos na competição. Mas durante a semana foi feita reuniões com a Policia Militar, Autoridades, seguranças, vistorias no estádio tudo com muita responsabilidade.  Para o sucesso deste evento esportivo muitas pessoas  contribuíram e trabalharam  para o sucesso desta grande final.

A competição foi organizada por Alécio Aparecido dos Santos e Christians Freitas e contou com apoio da Liga Municipal de Desporto de Santo Antonio do Monte e a chancela da Federação Mineira de Futebol.

Mas contou com Entidades, autoridades e patrocinadores para que esta competição tivesse credibilidade e respeito no cenário de nosso futebol.

Todos participaram diretamente para realização destes jogos finais: Prefeito Municipal Edmilson Aparecido da Costa (Dinho do Brás), Vice Prefeito Luis Antonio Resende (Luis da Glorinha), Secretario Municipal de Esporte Antônio Fernando Bolina Batista (Nando) e Secretaria Municipal de Saúde Carla Lorena, e destacar também  o trabalho competente da Policia Militar com o comando do Tenente Harley Barbosa que prestou um grande serviço com segurança para todos. Copa Regional Sicoob Credimonte Patrocinador Oficial: Sicoob Credimonte Presidente Antenógenes Antônio Silva Junior, Auto Escola Liderança – Marcos Fonseca. Apoio: Super Fogos, Serralheria Montense, Isimples, Tales Engenharia e Centro Automotivo Fabinho.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp