LIRAa aponta estado de alerta para infestação de Aedes aegypti em Samonte

LIRAa aponta estado de alerta para infestação de Aedes aegypti em Samonte

Conforme a prefeitura, para o Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), foram inspecionados 937 domicílios.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica de Santo Antônio do Monte, realizou entre os dias 11 a 15 de janeiro o Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa). A pesquisa aponta médio risco de infestação, com índice de 2,2. Segundo o Ministério da Saúde, o índice é considerado satisfatório quando fica abaixo de 1%, situação de alerta quando está no intervalo entre 1% e 3,9% e indica risco de surto quando é igual ou superior a 4%.

Conforme a prefeitura, foram inspecionados 937 domicílios. O local com maior frequência de infestação são os depósitos a nível de solo, como tanques, barris, tambores; correspondendo a 52,4% dos depósitos onde foram encontrados larvas, 28,6% das larvas estavam em vasos de plantas, pratos, frascos e bebedouros, e numa porcentagem menor encontrados também em caixas d’água, pneus, garrafas, plásticos e sucatas.

Netwise

Ações de combate

O atual índice manteve o município em alerta, para elaboração e execução de ações estratégicas de combate ao mosquito. Com isso, a vigilância epidemiológica trabalha agora com ações práticas voltadas à comunidade. Para a Coordenadora da Vigilância Sanitária e Ambiental do município, Livia Anielle de Aquino Silva Miranda, ações de combate estão sendo intensificadas nas áreas de maior índice de infestação e ou transmissão de casos na cidade. “O objetivo das ações é a eliminação de criadouros, orientações aos munícipes, e tratamento de recipientes quando necessário, além de monitoramento de notificações das arboviroses e realização de ações de bloqueio. Além disso, medidas como fumacê, Mutirão de Limpeza e articulações com outras secretarias também poderão ser adotadas”, afirmou.

A Prefeitura também reforça que a colaboração da população é fundamental no combate ao mosquito, no sentido de seguir vistoriando as residências, evitando água parada e acúmulo de lixo.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄