Confira algumas atrações que irão participar do Festival DaRua

Confira algumas atrações que irão participar do Festival DaRua

MÚSICA ELETRÔNICA

O artista local, Olavo Tuca, também vem pra enriquecer o line-up do DaRua, apresentando seu novo projeto, Efinito, de música eletrônica. O conceito não muda, a crença de que todo ser é finito mas provido de possibilidades infinitas acompanha Olavo por toda sua caminhada musical, despertada já aos 12 anos, e essencialmente viva até hoje.

 

O artista local Olavo Tuca irá apresentar seu novo projeto de música eletrônica.

Iniciado precocemente na música, Olavo experimentou vários estilos musicais, tendo inclusive já se apresentado para até 25 mil pessoas, quando ainda era vocalista da banda Lhyz. Em sua jornada, o artista acabou conhecendo e se apaixonando pela música eletrônica, e a partir de então pulou de cabeça no Dubstep, estilo inspirado na pegada do rap, e agregado com sintetizadores fortes e enérgicos. Neste novo projeto, já aos 23 anos, o desejo de domínio do “dancefloor” continua o mesmo, agora fortalecido pelos “beats” alucinantes do Dubstep, mesclados à melodia pegada do house progressivo.

No Festival, Efinito se apresenta logo após o grupo Talento e Estilo, às 14h00, e promete tremer o chão DaRua

GRAFITTI

Na grande rede de relacionamentos artísticos do E-Cult, descobrimos Paulo César, artista de rua merecidamente conhecido por Mito pelas ruas de Betim.

O artista iniciou sua trajetória na arte em meados de 2007, quando se envolveu com os rabiscos das pichações. Em 2009, Mito conheceu a técnica do graffiti, deixou o mundo das pichações, e desde então não parou mais de grafitar. Motivado pela disseminação dessa cultura, Mito começou a levar a sua arte para além dos muros, pintando em telas, expondo painéis em shoppings e eventos culturais, e oferecendo oficinas de graffiti nas escolas. A partir de então, o artista se tornou conhecido em todos os bairros de Betim, e passou a ser convidado para diversos workshops em toda a cidade.

O grafiteiro Paulo César é conhecido por “Mito” nas ruas de Betim.

No Festival DaRua, Mito, além de trazer suas cores para o mundo lagopratense, oferecerá ainda, gratuitamente, uma oficina de graffiti para todos os lagopratenses interessados por essa arte. A oficina terá início às 9 horas da manhã, e para se inscrever basta enviar nome e telefone para esta página ou para o email ecultmov@hotmail.com.

 

BREAKING

Já falando de DaRua, o primeiro artista a mostrar sua arte no festival é Michael Douglas, prata da casa no breaking e dança de rua.

Atleta de Breaking, professor e coreógrafo de Dança de Rua na academia Físio Estetic de Formiga, Michael Douglas representa – e muito bem – Lagoa da Prata no cenário nacional da dança.

Netwise

O estudante lagopratense de Educação Física tornou-se nacionalmente reconhecido quando foi, no ano passado, semifinalista do reality show “Se Ela Dança Eu Danço”, do SBT. Já neste ano, o artista foi o 1º colocado na categoria Street Dance Avançado e vencedor do prêmio Destaque como melhor coreografia da noite, no Festival de Dança Troféu Brasil, realizado em Formiga, colocação esta que foi repetida no renomado Festival de Dança de Bambuí.

Por tanto talento e dedicação, Michael se tornou professor assistente do ENAF (Encontro Nacional de Atletas Físicos) e hoje representa a marca Red Bull em suas apresentações.

No DaRua, a partir das 12h00, juntamente com o grupo Talento e Estilo, Michael mostrará não somente o que ele faz, mas COMO ele o faz. Quem pensa em perder isso, já dançou!

Michael Douglas ficou nacionalmente conhecido quando participou de uma programa de televisão no SBT

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄