COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Quatro trabalhadoras morreram e pelo menos três pessoas ficaram feridas após explosão de uma fábrica de fogos de artifício na manhã desta terça-feira (15) em Santo Antônio do Monte. As informações são da Polícia Militar e do presidente do Sindicato dos trabalhados das indústria de fogos (Sindifogos), Antônio Camargos.

O diretor do Sindicato das Indústrias de explosivos do estado de Minas Gerais, Américo Libério  da Silva, afirmou nesta manhã em entrevista para o repórter da rádio Veredas Fm, que a empresa Fogos  Globo está totalmente legalizada, tem o alvará de funcionamento com a licença dos bombeiros, do exército , da Polícia Civil e Órgãos Ambientais.

Continua depois da publicidade.

Segundo informações, quatro mulheres morreram e três pessoas ficaram feridas. Os bombeiros foram acionados e chegaram no local 50 minutos após a solicitação, pois o batalhão operacional  fica na cidade de Divinópolis, a 70 km de Santo Antônio do Monte.

De acordo com o sargento Eduardo Ferreira de Paiva, o fogo foi controlado rapidamente mas não havia como socorrer as vítimas fatais.

Santo Antônio do Monte tem mais de 70 fábricas de pequeno e médio porte, empregando boa parte da população local.

Peritos da Polícia Civil e Militar trabalham no local da explosão. Ainda não há informações  sobre as causas do acidente.

A fábrica fica próxima ao perímetro urbano localizada no bairro Chácara Lajinha,  por isso algumas casas tiveram danos, porém  não tiveram comprometimento na estrutura. O trabalho na fábrica é de alta periculosidade e requer forte fiscalização do poder público, mas ainda assim os acidentes são frequentes.

Em setembro de 2013, uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas após uma explosão em uma empresa localizada no distrito de Buritis; em 2012 outro acidente matou duas pessoas na empresa Fogos Estrela e em janeiro de 2011 mais duas vítimas em uma fábrica na MG 429, também em Santo Antônio do Monte.

 

Testemunhas da tragédia

Em entrevista ao repórter Luis Francisco da rádio Veredas Fm, os moradores que testemunharam a explosão falaram do desespero no momento da acidente.

“Foi um susto muito grande, eu trabalho na produção de fogos há quatro anos e fico imaginando se estivesse acontecido lá.  Graças a Deus não aconteceu comigo, mas fica um sentimento muito forte pelas perdas que tivemos. Agora, eu tenho até medo de voltar a trabalhar e isso acontecer com a gente”, afirmou a moradora que não quis se identificar.

“Primeiramente o barulho foi terrível, e só podemos lamentar. É muito triste, podemos dizer que a cidade de Santo Antônio do Monte está em luto, pois são muitas pessoas se colocam no lugar das vítimas e dos familiares devido a maior parte da cidade trabalhar no mesmo ramo. È impossível acreditar, foram 25 minutos de trabalho para tamanha tragédia” afirmou um morador.

De acordo com o Presidente do Sindicato dos trabalhadores rurais de Santo Antônio do Monte, a cidade está em luto. “Foi na verdade uma tragédia e infelizmente temos que admitir isto, lamentamos o fato e queremos dar apoio à todas as famílias que perderam seus entes queridos”, afirmou Camargos.

 

Fonte: Rádio Veredas Fm

 

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp