COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade .

A população de Santo Antônio do Monte ficou sem abastecimento de água por pelo menos duas vezes na semana passada. Por meio do portal do Jornal Cidade na internet, moradores da cidade informaram que os níveis dos reservatórios da COPASA estão baixos e demonstraram preocupação com relação à recorrente falta de água. O vereador Ronan Eliano de Oliveira, na sessão da Câmara da última segunda-feira, apresentou um ofício que solicita à COPASA que viabilize uma análise da qualidade e quantidade da água nas nascentes do Córrego Buritis. O parlamentar também questionou se a empresa possui algum plano alternativo caso a quantidade de água do córrego seja insuficiente para a manutenção dos serviços de água e esgoto. Por meio da assessoria de imprensa, a Copasa informou que os níveis dos reservatórios tiveram redução devido a problemas com a falta de energia elétrica por parte da concessionária responsável. “O forte calor e elevado consumo de água também contribuem para a situação”, informa.

Vereador Ronan Eliano
Vereador Ronan Eliano

AUMENTO NA CONTA DE ÁGUA

A conta de água em Santo Antônio do Monte terá um aumento de 26,6% nos próximos dias, quando a população começar a receber o serviço de tratamento de esgoto. Veja abaixo os esclarecimentos da Copasa sobre o assunto:

Continua depois da publicidade .

Como está a situação atual da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE)? Qual o valor do investimento? A obra tem capacidade para atender a cidade durante quantos anos?

A ETE de Santo Antônio do Monte já está concluída e entrou em fase pré-operacional e de testes dos equipamentos no dia 12.02.2014. Foram investidos mais de R$ 25 milhões na construção da unidade e ampliação do sistema de esgotamento da cidade. Nesta etapa inicial será possível coletar e tratar 79% do esgoto do município. Com o pleno funcionamento da ETE, além de melhorar a qualidade de vida e o desenvolvimento da cidade, será possível melhorar os córregos que fazem parte da Bacia do Rio São Francisco, como o São Miguel, oBoa Vista e o Indú.

Quando os consumidores irão receber a conta de água com o reajuste na taxa de saneamento?

Irão receber a partir do momento em que o serviço de tratamento de esgoto começar a serprestado. Seguindo a Resolução nº 38 de 2013, da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (ARSAE-MG ), municípios com menos de 50 mil habitantes devem ser avisados sobre o reajuste com, no mínimo, 60 dias de antecedência. Por conta disso, os moradores dos bairros atendidos já receberam as informações por meio de panfletos anexos às faturas.

Quais são, detalhadamente, todas as tarifas cobradas dos consumidores pela Copasa em Santo Antônio do Monte?

Antes da ETE ser implantada, os serviços prestados pela Companhia em Santo Antônio do Monte incluíam a coleta e o transporte do esgoto, além de todas as manutenções em redes e novas ligações; desentupimentos em ligações e encanamentos; correção de vazamentos de esgoto; execução das obras de melhorias, expansão e ampliação do sistema de esgoto; enfim,tudo o que está relacionado ao sistema de esgotamento sanitário da cidade. A tarifa de50% do valor da conta de água é referente a esses serviços. Por exemplo: se o cliente consumia R$ 50 referente ao consumo de água, com os 50%, ele pagaria R$ 75. A mudança de patamar tarifário ocorre somente quando um novo serviço começa a ser prestado.Quando o esgoto coletado passa a receber o devido tratamento, o valor da tarifa muda para 90% do valor da conta de água. Por exemplo: se o cliente consumir R$ 50, com os 90%,ele passa a pagar R$ 95. Sendo que o impacto na conta é de 26,6%.

A Prefeitura informou que não compactua com “a má qualidade dos serviços de recapeamento da Companhia”. Por que isso acontece? Qual o motivo que impede a Copasa de entregar a via do mesmo jeito em que estava antes de iniciar determinada obra?

Em caso de transtornos como esse, a população pode entrar em contato com a Copasa por meio de seus canais de atendimento, na agência local (Avenida Tancredo Neves, 445, Centro) ou pelo telefone 115. Com a demanda registrada, a Copasa tomará as providências necessárias.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp