Professora de Luz cria primeira tabela periódica de Libras do país

Professora de Luz cria primeira tabela periódica de Libras do país

Professora foi pioneira na criação de uma tabela que possibilite o aprendizado de surdos na disciplina de química, promovendo uma educação inclusiva na região Centro-Oeste.

Na foto, a professora idealizadora da tabela periódica de Libras. Foto: (Reprodução/Internet)
Karine Pires
@karinepiress

Alda Ernestina dos Santos, natural de Luz, desenvolveu uma tabela periódica na Língua Brasileira de Sinais, a Libras, em formato digital e interativo para os alunos do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) de Bambuí, local em que leciona.

Na foto, a tabela peridica com a linguagem de libras. Foto: (IFMG/Divulgação)

O material é pioneiro no país e será importante não só para auxiliar o aprendizado da disciplina de química dos alunos surdos, como também, para quem deseja aprender a língua. A professora contou à redação do Jornal Cidade como surgiu a ideia de criar o projeto.

Tive a ideia de criar a Tabela Periódica Inclusiva após participar de um curso online de Libras e também contribuir na produção de materiais didáticos para o NAPNEE (Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas), do qual atuo como membro atualmente.

O projeto foi desenvolvido durante o período da pandemia da Covid-19 e contou com a participação  de duas servidoras do IFMG,  Layse Moura e a professora Vássia Soares, que participaram através da revisão dos sinais e do conteúdo técnico.

Alda têm recebido feedbacks positivos de outras instituições, e dos alunos e professores do IFMG.

Desde o dia 27/07 quando divulgamos o material, tenho recebido uma média de 5 a 10 e-mails diariamente.Principalmente de professores e pais de alunos surdos, os quais têm agradecido e parabenizado pelo material.Algumas instituições também têm entrado em contato e estão divulgando do material.Instituições tradicionais de ensino como a UERJ, Unicamp e Colégio Pedro II divulgaram o material em seus sites e redes sociais.

Educação Inclusiva 

A iniciativa marca o progresso da educação inclusiva na região e também auxilia os professores quanto à forma de ensinar aos alunos surdos os conteúdos.

Acredito que o material será de grande valia tanto para professores quanto para os alunos, considerando a escassez de material educativo adaptado para alunos com necessidades educacionais específicas, especialmente no caso de disciplinas exatas como é o caso da Química, Física e Matemática.O conteúdo que por si só já é considerado de difícil entendimento por parte da grande maioria dos alunos. Aponta, Alda.

Na foto, a elemento Hélio da tabela peridica com a linguagem de libras. Foto: (IFMG/Divulgação)

Segundo Alda, o projeto está sendo transformado para aplicativos com o intuito de avaliar a aceitabilidade dos professores à ele.

Estamos transformando a Tabela Periódica Inclusiva num aplicativo para dispositivos móveis e por isso gostaríamos que esse material chegasse às mãos do maior número possível de professores, para assim avaliarmos sua aceitabilidade.

Acesso ao material

A tabela é disponibiliza de forma gratuita e pode ser acessada portal do IFMG para download em formato PDF ou no site tabelaperiodica.org. Ao baixar o arquivo e abrí-lo, basta clicar em um dos 118 elementos químicos no menu principal para ter acesso à representação em Libras e outras informações sobre o elemento desejado.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄