Lagoa da Prata está entre as cidades com mais casos prováveis de dengue na região Centro-Oeste MG

Lagoa da Prata está entre as cidades com mais casos prováveis de dengue na região Centro-Oeste MG

De acordo com boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES/MG), a cidade possui 51 casos prováveis da doença. Nesta semana, houve dois casos a mais em relação ao último boletim.

Os casos prováveis de dengue aumentaram na região Centro-oeste Mineira, conforme informado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES/MG). Houve 444 casos prováveis de dengue até esta quarta-feira (10), 1331 casos a maior que no boletim anterior. Pará de Minas, Divinópolis e Lagoa da Prata estão entre as cidades mais afetadas.

Entre as cidades da região como Formiga, Arcos, Santo Antônio do Monte, Bom Despacho, Lagoa segue sendo a que possui mais casos prováveis, seguida por Formiga com 37 casos e Santo Antônio do Monte com 20 casos.

Segundo o boletim, Pará de Minas tem 92 casos prováveis de dengue. É a cidade com maior números de casos na região, seguida por Divinópolis e Lagoa da Prata que registraram 51 casos cada. Veja abaixo.

O informe também apresentou dados em relação à chikungunya, à zika e às mortes pela doença no Estado. Contudo, até o momento, não há nenhum caso de zika e mortes confirmadas por dengue nas cidades do Centro-Oeste de Minas.

Netwise

Casos prováveis de dengue no Centro-Oeste

Segundo o boletim da SES/MG desta quarta-feira (10), os casos foram registrados em 31 cidades.

Cidade Número de casos
Abaeté 1
Araújos 3
Arcos 4
Bom Despacho 14
Candeias 4
Capitólio 12
Carmo do Cajuru 7
Carmo da Mata 6
Cláudio 13
Conceição do Pará 2
Divinópolis 51
Dores do Indaiá 2
Estrela do Indaiá 2
Formiga 37
Igaratinga 5
Itaúna 4
Lagoa da Prata 51
Nova Serrana 10
Oliveira 3
Onça de Pitangui 2
Pains 4
Papagaios 17
Pará de Minas 92
Perdigão 6
Pimenta 7
Pitangui 14
Piumhi 40
Pompéu 4
Santo Antônio do Monte 20
São Gonçalo do Pará 4
São Sebastião do Oeste 3

Fonte: SES-MG

Minas Gerais

Há 5.281 casos prováveis, que significam casos notificados, exceto os descartados de dengue. Nesse total, 1.201 casos foram confirmados e um óbito por dengue foi registrado em Paracatu. 

Chikungunya e zika na região

Segundo o boletim, Lagoa da Prata possui quatro casos prováveis de chikungunya, dois casos a mais que no boletim anterior. Também conforme o informe, o estado registrou 1.112 casos prováveis da doença, sendo que, 188 casos foram confirmados. Não houve óbito confirmado pela doença em nenhuma cidade mineira até o momento, de acordo com o boletim epidemiológico.

Já em relação aos casos prováveis de zika, o boletim do Estado aponta que nenhuma cidade do Centro-Oeste de Minas registrou até o momento casos prováveis ou confirmados da doença.No entanto, no Estado foram registrados 66 casos prováveis e, desse total, 3 foram confirmados. Não houve óbitos por zika em Minas Gerais até o momento.

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄