fbpx

Jornal Cidade presta homenagem aos músicos de Lagoa da Prata

No dia 22 de novembro foi comemorado é o Dia da Música e dos músicos. Nesta data se comemora também o dia de Santa Cecília, considerada desde o século XV pela Igreja Católica como padroeira da música. Segundo conta a história, ela era
de família nobre e dedicou sua vida a estudar música. Em Lagoa da Prata, a música pode ser celebrada pela diversidade que o município apresenta.

Nesta edição o Jornal Cidade conta um pouco da história da Banda lira de São Carlos e do Coral da Fundação Embaré, em nome de todos os instrumentistas, cantores, compositores, regentes, maestros e todas as pessoas ligadas diretamente à música, de modo profissional ou amador.

BANDA LIRA DE SÃO CARLOS

Banda Lira de São Carlos.
Banda Lira de São Carlos.

A Banda Lira São Carlos foi fundada em 15 de fevereiro de 1977. A banda teve suas atividades interrompidas no período de 1992 a 1996 por falta de apoio. Em 1 de fevereiro de 1996 a prefeitura contratou um maestro que exerceu as atividades até
o final daquele ano.

Em 1997 formou-se a primeira diretoria da banda, numa assembleia geral realizada no dia 20 de janeiro na antiga estação da Rede Ferroviária, onde até hoje serve como sede da Banda Lira São Carlos .

A Banda Lira São Carlos está em pleno funcionamento, obedecendo seu estatuto, fazendo apresentações gratuitamente para as mais diversas demandas da comunidade e contando com a boa vontade de seus integrantes, que são voluntários, não medindo esforços para atender as necessidades da população. A banda ainda mantém uma escolinha para músicos iniciantes, que fazem o curso
de teoria gratuitamente e iniciam seus trabalhos com flauta doce, podendo,
caso tenham perfil, integrar-se ao grupo.

Hoje, a escolinha de música conta com 20 alunos e a banda é composta por 16 membros, que realizam um ensaio por semana no salão paroquial São Carlos Borromeu, aos sábados, de 8h às 10h.

CORAL DA FUNDAÇÃO EMBARÉ

A história do Coral da Fundação Embaré teve início em fins de 2001. A composição do Coral da Fundação Embaré é mista, incluindo colaboradores da empresa, seus familiares e membros da comunidade. Iniciando suas atividades com 14 integrantes, atualmente o coral é composto por 40 vozes, tendo já atuado em festas da empresa, comemorações oficiais da Prefeitura de Lagoa da Prata, festivais, casamentos, eventos sociais e religiosos etc.

Os responsáveis pela ascensão e afirmação do Coral da Fundação Embaré nos meios culturais de Lagoa da Prata são o maestro Alaor José Gonçalves, contratado para criar e desenvolver o grupo em 6 de dezembro de 2001, a fonoaudióloga Geoconda Maria e a colaborada da empresa e integrante do coral Luciana
Dôco.

O repertório é extremamente variado, incluindo os clássicos mundiais da música erudita, coros operísticos e arranjos especiais do cancioneiro popular e do folclore.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄