fbpx

Em Bom Despacho, notificações de dengue cresceram 450% em um ano

Prefeitura já intensificou as ações de combate, mas sem o apoio da população não será possível reverter a situação; 100% dos focos estão nas residências.

Em Bom Despacho os casos de doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti estão crescendo assustadoramente. Em pouco mais de cinco meses deste ano, a Secretaria de Saúde já registrou mais de 518 notificações. Destas, 58 foram confirmadas para dengue e outras 11 para chikungunya.

Desde o início do ano a Prefeitura vem intensificando as ações de combate ao Aedes Aegypti, com aumento das visitas domiciliares, fumacê, e agente com bomba costal.
Fizemos o isolamento do vírus da dengue no Município e constatamos que aqui está circulando o tipo I. Todos os tipos podem matar. Entretanto, quando pessoas com comorbidades contraem a doença ainda é pior, porque a chance da doença agravar aumenta muito. No caso da chikungunya temos casos de pacientes com dores nas articulações mesmo depois de dois anos do contato com o vírus, destacou o gerente de epidemiologia, Fernando Júnior.
Faça sua parte. Elimine a água parada dentro de casa ou de seu lote. Confira calhas, lajes, reservatórios de geladeiras, garrafas, vasos de plantas, bebedouros de animais. Mantenha frente e quintal limpos e jogue fora qualquer objeto que possa acumular água.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄