Lagoa da Prata recebe projeto de arborização em praças e avenidas

Lagoa da Prata recebe projeto de arborização em praças e avenidas

Projeto faz parte da celebração do 'Dia da Árvore'; objetivo é melhorar condições das praças e propiciar mais qualidade do ar na cidade.

Ilustração

Para apoiar o ‘Dia da Árvore’, que é comemorado oficialmente no dia 21 de setembro, Lagoa da Prata fará um projeto de arborização em praças durante três dias. O primeiro projeto começou nesta sexta-feira (20) às 14h. A Pharlab fará a revitalização da Praça Dona Zazá juntamente com a Secretaria de Meio Ambiente e a Polícia Florestal. O objetivo é melhorar a condição da praça e propiciar mais qualidade do ar do município.

No sábado (21), o grupo de escoteiros de Lagoa da Prata sairá da Praia Municipal às 9h em direção à Rua dos Ferroviários até uma pequena pracinha, onde serão plantadas 30 mudas frutíferas e ipês.

Na segunda-feira (23), haverá também um plantio simbólico com os alunos da Escola Apae. “Esse projeto será mais educativo mesmo, pois não estamos em um período legal para plantação. E como estamos sofrendo ainda com essa seca, vamos esperar passar esse período para plantar mais”, disse Lessandro, secretário de Meio Ambiente de Lagoa da Prata.

Além dessa arborização nas praças, foi aprovado pelo município de Lagoa da Prata um projeto para abrir um processo de licitação para adquirir 2 mil mudas de árvores de grande porte para plantar na área central da cidade, avenidas principais e logradouros públicos que são bastante desarborizados. O projeto foi uma indicação do Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (Codema) e está previsto para ser realizado entre o final de 2019 e início de 2020, pois processos para conseguir as mudas ainda estão em andamento.

“Com o passar do tempo, a cidade foi crescendo e com isso, a desarborização foi se agravando, como é o caso das grandes avenidas. Nós vemos um número insuficiente de árvores plantadas nesses locais. Por isso estamos procurando por árvores qualificadas que não vão danificar calçadas, que vão dar suporte com sombras e não atrapalhar a visibilidade de placas. Além disso, será exigido a partir de agora o plantio de uma muda em toda construção de casas novas”, finalizou o secretário.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄