COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Valério diz não se sentir seguro no atual local de detenção, em Contagem

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Roberto Barroso, autorizou a transferência de Marcos Valério, operador do esquema de corrupção conhecido como “mensalão”, para uma unidade prisional em Lagoa da Prata, na região Centro-Oeste de Minas. A informação foi divulgada pelo portal jurídico “Jota” na noite desta segunda-feira (19).

De acordo com a publicação, Valério alegou ao STF que se ele permanecesse na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, a negociação de sua delação premiada correria risco.

Continua depois da publicidade.

O documento, finalizado nos últimos dias, tem 148 anexos e cita, pelo menos, 50 políticos e autoridades com atuação em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Uma das contrapartidas pedidas pela defesa foi justamente a transferência imediata do empresário.. Valério diz não se sentir seguro no atual local de detenção. Ele foi condenado a 37 anos no mensalão petista.

A partir do segundo semestre do ano que vem, Marcos Valério teria direito à progressão de pena do regime fechado para o semiaberto. Contudo, a expectativa da defesa é que ele consiga ir para a prisão domiciliar.

Via Jornal O Tempo

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp