COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Está sendo comemorada em todo país a “Semana da Pessoa com Deficiência”. Para comemorar a data a APAE e a Escola Helena Aparecida de Lagoa da Prata realizou na manhã de hoje (21) uma passeada saindo da APAE até na Praça da Matriz. De acordo com Isamim Couto, presidente da APAE, a “Semana da Pessoa com Deficiência” pede à sociedade um olhar para a causa. “O Brasil está participando da Semana da Pessoa com Deficiência, o país inteiro está comemorando essa semana. Cada ano a gente tem um tema, esse ano é a inclusão do deficiente com autonomia. O que é autonomia? É andar na rua, é ser aceito como são, é trabalhar, namorar, casar, é poder falar por si mesmo. Autonomia é isso, é saber onde eu quero ir e onde eu quero chegar. Cada aluno, cada usuário da Apae e da escola Helena Aparecida, são protagonistas de suas vidas“, afirmou.

Para Nei Cabral, diretor da Escola Helena Aparecida, a inclusão deve ser muito mais que uma palavra. “O que é inclusão? A inclusão tem que passar por uma palavra que é muito mais simples e ao mesmo tempo mais ampla, que é o respeito. A gente consegue incluir, se sentir incluso quando a gente é respeitado. A inclusão hoje é lei, mas o respeito tem que partir de uma conquista. Nossos alunos, que vão para uma escola regular, às vezes, enfrentam preconceito. Nós precisamos superar o preconceito, entender que todos nós, em grau maior ou menor, temos alguma deficiência. Alguns têm uma deficiência visual, outros têm deficiência de caráter, alguns têm deficiência de moral, outros têm deficiência física. Mas em essência todos somos iguais e lutar por esse direito não é simples. A lei é muito fria enquanto está no papel, nós, como seres humanos, temos que entender que precisamos respeitar o outro, indiferente se ele é bonito ou feio, negro ou branco, pobre ou rico, todos somos iguais. Inclusão quando temos alguém semelhante a gente é fácil, difícil é incluir na diferença. Aceitar a diferença como sendo algo normal, como algo inerente a condição humana. Vamos todos refletir e encarar ao outro como alguém de direito que merece o nosso respeito”, destacou.

Continua depois da publicidade.

Cali Silva, Secretária de Assistência Social, também frisou que assegurar os direitos da pessoa com deficiência é um dever de todos. “Que bom caminhar ao lado da equipe APAE, da escola Helena Aparecida. Caminhar junto é uma obrigação de todos nós, enquanto seres humanos, cidadãos, esse é o grande princípio do amor. Queremos caminhar junto porque nós acreditamos que somos iguais, sim, é nas diferenças que nos fortalecemos e nos reconhecemos como servos e filhos de Deus”, afirmou.

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp