COMPARTILHAR
Djs trabalham com o gênero musical 'Open Format', tocando desde o Hip Hop ao Rock (Foto: Djs Efinito/Divulgação)
Continua depois da publicidade.
Durante o show, jovens misturam música eletrônica com vocal e sax. Item começou a ser usado em festa a fantasia em Lagoa da Prata.

Com caixotes na cabeça, pikup, sax e vocal, eles saem distribuindo energia e agitando as casas de shows e festas em vários estados do Brasil. No currículo: shows em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Tocantins e Mato Grosso, os Djs Efinito, Olavo Júnior de 26 anos, e Igor Natan de 22 anos, de Lagoa da Prata estão entre os nomes mais comentados da cena eletrônica do Centro-Oeste Mineiro.

Há quase três anos no projeto, os jovens começaram a tocar com caixetas após uma festa à fantasia na cidade. Sem ideia para fantasias, Olavo, que na época era solo, decidiu colocar um saco de pão na cabeça.

Continua depois da publicidade.

“Eu ia tocar nessa festa, mas queria fazer algo diferente, até que surgiu a ideia de me fantasiar e aproveitei para chamar meu irmão Ruann e os amigos, para me acompanharem com um saco de pão na cabeça. Não só deu certo, como eles ficaram no palco, brincando com a galera enquanto eu tocava. A aceitação foi boa demais, o público ficou conectado com o show o tempo inteiro. Então decidi continuar com esse formato, mas substituímos para a caixeta (risos)”, informou.

Após a festa à fantasia, Olavo e Ruann colocaram em prática o projeto, formaram o duo e construíram as caixetas – que atualmente são de madeira, têm luz de led nos “olhos”, e capacetes de construção civil fixados nas caixetas, que garantem segurança aos dj’s – porém, a demanda de shows foi tão grande, que motivou na saída do irmão mais novo, que estava estudando engenharia mecânica e tinha o curso como prioridade. Por causa disso, Olavo, convidou o Igor, dj e instrumentista, que já era conhecido em Lagoa da Prata.

“Eu já tocava com meu projeto solo, e quando ainda não participava do duo, eu e o Efinito chegamos a tocar em vários lugares juntos com os projetos distintos, porém, após a saída do Ruann, o Olavo me fez o convite. Nós decidimos juntar os nossos talentos, amadurecemos a ideia e fluiu. Hoje viver essa experiência de viajar para várias cidades, levando a música para a galera e ver essa resposta positiva durante os shows é sensacional, um sonho realizado”, afirmou Igor Natan.

Com o gênero musical ‘Open Format’, tocando EDM, Hip Hop, e Rock, os DJ’s chegam a fazer nove shows em quatro dias e para os próximos finais de semana a agenda já está lotada.

“Ainda temos muito aonde chegar, mas graças a Deus, toda a trajetória nos proporciona histórias extraordinárias, que recompensam cada dificuldade, até aqui já andamos demais de ônibus com vários equipamentos nas costas, ficamos parados na estrada por falta de gasolina, além disso, na primeira vez que viajamos de avião, os funcionários rasgaram as caixetas, não sei o que pensaram, mas foi um ‘perrengue’ pra conseguir consertar, quase não deu pra fazer o show (risos). Mas tudo vale a pena na realização deste sonho”, contou Olavo.

Além da parte estética e musical, o dj Olavo também acredita ter conseguido alcançar muitas pessoas por causa da internet, através dos canais de comunicação nas redes sociais. Na página oficial do projeto centenas de pessoas de diversas partes do país têm a oportunidade de interagir com os DJs e ficar por dentro dos shows.

“Nós vemos a visibilidade, por causa das pessoas que entram em contato com a gente, pessoas de locais muito distantes, que estão ligadas na página e dizem curtir o projeto, a gente vê que está atingindo lugares que eu nunca imaginaria chegar. Estamos vivendo um sonho”, afirmou.

Carregando muitas histórias na bagagem, os djs Efinito objetivam tocar em todos os estados do Brasil, levando a música para o maior número de pessoas, além disso, já pensam em shows internacionais. “Nós abandonamos tudo, tanto eu, quanto o Igor, deixamos a área que estudamos e atuamos por um tempo, para viver este sonho. Para o futuro, eu pretendo continuar vivendo da música e trabalhando para ter a oportunidade de levar o nosso som para o maior número de pessoas possíveis, sempre buscando inovar musicalmente para surpreender o público”, finalizou Olavo.

Por: G1

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp