COMPARTILHAR
Geraldo de Almeida e Carlos Henrique Lacerda
Continua depois da publicidade.

 Carlos Henrique Lacerda, mais conhecido como Carlão, foi nomeado Secretário de Desenvolvimento Econômico de Lagoa da Prata no dia 31 de março, e Geraldo de Almeida, Secretário de Saúde, hoje (2/04). Antes da posse do cargo, as pastas eram ocupadas por Ricardo Costa e Antônio Juarez, que deixaram as secretarias por motivo pessoal e profissional.

Carlão é presidente do Sindicato rural do município há 17 anos, filho de Francisco Tavares de Lacerda e Josefa Resende Lacerda; casado com Venúsia Almeida Lacerda, com quem tem três filhos, Thiago, Francisco e Carla.

Continua depois da publicidade.

Lacerda destaca que pretende dar continuidade aos projetos deixados pela gestão passada. “Mesmo sabendo que o recurso destinado para ela é o menor das secretarias, vamos trabalhar para captar recursos e trazer o melhor para a cidade, desde o dia 31 de março, quando tomei posse, já estamos trabalhando para isso. Daremos sequência a todos os bons projetos da antiga gestão”, afirmou.

Lacerda ainda agradeceu a oportunidade de ocupar o cargo. “Recebi a ligação como uma grata surpresa, e após uma conversa, aceitei o cargo, desde então só tenho a agradecer pela confiança em mim depositada através do prefeito Paulinho, de seu vice Roberto e do secretário de administração Zezinho. Também quero falar para a população de Lagoa da Prata que iremos trabalhar firme para fazer e trazer boas coisas para o município”, enfatizou.

Na saúde

Geraldo de Almeida é farmacêutico, e atuou por um tempo como coordenador da Vigilância Epidemiológica de Lagoa Prata, e a partir de hoje ocupa o cargo de Secretário de Saúde. Almeida é casado com Marinez Albanez e é pai de João Vitor.

Para Almeida, a saúde é um tema bastante debatido a nível de país e a nível de SUS, onde sempre se fala na escassez de recurso. “Temos que trabalhar com os recursos que possuímos, a administração atual investe muito em saúde, tanto é que a cidade tem um dos melhores índices da região. E eu, a partir de 2 de abril estarei à frente desta pasta, buscando fortalecer esse projeto do prefeito Paulo e do seu vice Roberto”, afirmou.

Outro ponto destacado pelo secretário em entrevista para a rádio Veredas é sobre a falta de médicos nas Unidades de Saúde. “Lagoa da Prata hoje está com dificuldade na contratação, porque tem que seguir trâmites legais do sistema público, onde existe uma lei que tem que ser obedecida; e até que se consega cumprir todos esses processos leva-se tempo. Hoje nós temos quatro unidades básicas de saúde sem os médicos, mas já estamos em contato com profissionais para serem contratados. A cidade oferece um dos melhores salários da região, mas em contrapartida a prefeitura  exige que ele cumpra com a carga de trabalho determinada no contrato, até por que não adianta termos esses profissionais só no papel. Estamos em busca desse profissional que vai cumprir as oito horas de jornada de trabalho dentro da unidade de saúde”, afirmou.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp