COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Foi aprovado no dia 17 de março, o Projeto de Lei nº 017/14, que reajusta em 12,51% os vencimentos dos servidores públicos municipais. O valor refere-se ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado de janeiro a dezembro de 2012 e 2013 (11,76%) e ao aumento real (0,75%), beneficiando os servidores nos quadros efetivos, comissionados, contratados, conselheiros tutelares, profissionais do magistério, inativos e pensionistas da Administração Direta e Indireta.

Os vereadores também aprovaram o Projeto de Lei nº 018/14, que aumenta de quatro para cinco reais (por dia útil ou trabalhado) o auxílio alimentação, repassado aos servidores ativos e contratados.

Continua depois da publicidade.

Aproveitando o ensejo, a Câmara aprovou também o Projeto de Resolução nº 001/14, que recompõe o vencimento dos vereadores em 5,56% (equivalente ao INPC acumulado de 2013), o Projeto de Resolução nº 002/14, que recompõe o vencimento dos servidores da Câmara em 5,56% (também equivalente ao INPC acumulado de 2013) e o Projeto de Resolução nº 006/14, que concede, a título de aumento real, 0,75% sobre os vencimentos dos servidores do Legislativo.

Aprovou-se também o Projeto de Resolução nº 007/14, que aumenta de quatro para cinco reais (por dia útil ou trabalhado) o auxílio alimentação, repassado aos servidores da Câmara, com exceção dos vereadores e do procurador geral do Legislativo.

Segundo os vereadores, o objetivo da aprovação no aumento dos salários é valorizar e incentivar os funcionários, reconhecendo o profissionalismo na execução das atividades.

Os Projetos de Lei, de autoria do Executivo, foram aprovados em turno único devido ao pedido de Regime de Urgência. A solicitação de aumento salarial já havia sido feita pelos vereadores no final de 2013, mas só chegou à Câmara em 17 de março de 2014.

 

Fonte: TV Bambuí

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp