COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

A mortandade de peixes na Lagoa Verde, no município de Lagoa da Prata, voltou a ser registrada no local esta semana. Em janeiro, mais de três toneladas de peixe foram retirados do local.

De acordo com o biólogo do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Emersom Lúcio Morais, por conta da estiagem o nível da lagoa e do canal criado para a passagem do cardume está abaixando. Segundo a Associação Ambientalista dos Pescadores do Alto São Francisco, cerca de 1.200 peixes estão presos na lagoa.

Continua depois da publicidade.

A Secretaria de Meio Ambiente de Lagoa da Prata fez um apelo aos órgãos estaduais e federais para que mandem especialistas ao local para que possam ajudar a resolver o problema da mortandade.

Fonte: g1/centrooestepeixes 2

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp