COMPARTILHAR
No bairro Paradiso, um morador flagrou um lagarto devorando um escorpião
Continua depois da publicidade .

Morador flagrou momento em que um lagarto de quintal comia um escorpião

A quantidade de escorpiões encontrada em alguns bairros de Lagoa da Prata nas últimas semanas tem incomodado os moradores. Com frequência, as redes sociais na internet são invadidas com fotos dos aracnídeos capturados e pessoas reclamando do lixo e mato acumulado em lotes vagos.

Continua depois da publicidade .

Andreia Garcia é moradora do bairro Marília e já encontrou 12 escorpiões dentro de

Andreia encontrou 12 escorpiões dentro de casa.
Andreia encontrou
12 escorpiões dentro
de casa.

casa. O maior receio dela é o filho Gabriel, de 5 anos, ser picado. “São mais de cinco meses de luta. Já encontrei 12 e todos dentro de casa. O último estava na touca do meu filho! Pensa no medo que fiquei! Imagina se tivesse colocado nele”, desabafa.

Ao lado de sua residência, há um lote vago e sujo, que ela suspeita ser abrigo da colônia dos bichos. “O lote vago tinha que ser limpo pelo dono e a casa do fundo notificada, pois lá tem muito lixo. E vem de lá, pois meu quintal está sempre limpo. Liguei na prefeitura em relação ao lote vago, mas não tive retorno. Ele esta aí do mesmo jeito”, reclamou.

No bairro São José, uma moradora também encontra pelo menos um escorpião dentro de seu imóvel por semana. “A gente limpa, mas nem todo Avelinamundo faz o mesmo. Achar escorpião em meu quintal nem é mais uma novidade, mas é uma triste realidade. Tenho medo de dormir e ser picada por um. Alguém tem que fazer alguma coisa”, disse Avelina Freitas.

Já no bairro Paradiso, o proprietário de um lote limpou o imóvel, mas encostou todo o mato no muro de uma residência. Devido ao aparecimento de dois escorpiões, o próprio dono da casa providenciou a limpeza do local: retirou o mato e jogou cal na base do muro na esperança de afugentar os bichos. Durante a limpeza, dois aracnídeos foram mortos e outro foi devorado por um lagarto de quintal. “E o pior é que o dono do lote ao lado da minha casa é um especulador, que não tem a intenção de construir uma casa. Tenho filha pequena em casa e não temos tranquilidade sabendo que a criança pode ser picada. Outro dia, minha filha quase pisou em um escorpião no quintal”, lamenta o morador que não quis se identificar.

gráfico

RESPONSABILIDADE DO CIDADÃO

Em entrevista ao Jornal Cidade, o secretário municipal de Saúde, Geraldo de Almeida, disse que a responsabilidade pela limpeza dos imóveis é dos proprietários, mas garantiu que o Município está planejando uma ação de

Morador do Cidade Jardim capturou vários aracnídeos em sua residência
Morador do Cidade Jardim capturou vários aracnídeos
em sua residência

combate aos escorpiões que deverá ser lançada em breve. “Estamos avaliando a possibilidade de efetuar uma ação conjunta das secretarias de Saúde, de Limpeza Urbana e de Meio Ambiente para mobilizarmos a população e realizar um mutirão de limpeza. Contamos com a efetiva participação da população para
manter seus imóveis limpos, visto que esta é a única forma de combater proliferação de escorpiões”, afirmou Almeida.

A Prefeitura possui um departamento que acolhe as denúncias de lotes sujos. As reclamações e denúncias devem ser feitas no Setor de Fiscalização, pelo telefone 3261-5304.

CUIDADOS ESSENCIAIS

De acordo com a enfermeira responsável pelo setor de notificações de picadas de animais peçonhentos da Secretaria de Saúde, Thaís Borges, foram registradas 155 casos de pessoas picadas em 2015 em Lagoa da Prata. Em 2016, até o dia 11 de julho, o setor contabilizava 61 notificações.

Por se alimentar de baratas, o escorpião pode viver em ambientes urbanos com facilidade. Entre seus esconderijos favoritos estão entulhos, restos de construção e depósitos de lixo. A enfermeira também ressaltou que alguns cuidados devem ser tomados para evitar as picadas. “Manter limpos quintais e jardins, não acumulando folhas secas, lixo e entulhos. Verificar cuidadosamente calçados, roupas, toalhas e roupas de cama antes de usá-los. Não pendurar roupas na parede, conservar camas e berços afastados, no mínimo, 10 centímetros da parede, evitar que lençóis toquem o chão, colocar o lixo em sacos plásticos fechados para evitar baratas e outros insetos, limpar periodicamente ralos de banheiro, cozinha e caixas de gordura, rebocar frestas nas paredes,
móveis e rodapés para que não apresentem vãos, usar telas nas aberturas dos ralos, pias e tanques, proteger os predadores naturais dos escorpiões, como calangos, lagartixas, lacraias, corujas, sapos, macacos e galinhas, manter as áreas limpas ao redor das residências, não acumular lenha e outros materiais que possam servir de abrigo para os escorpiões e remanejar periodicamente materiais de construção que estejam armazenados, usando luvas de raspa de couro para proteger as mãos”, destacou.

PREDADORES

As galinhas e os sapos são predadores naturais dos escorpiões. Enquanto as galinhas têm hábitos diurnos, os sapos, assim como os escorpiões, são animais noturnos e são mais eficazes para eliminar esses aracnídeos, uma vez que são capazes de comerem vários. Ao manusear entulhos e lixos ou limpar terrenos e esgotos, a pessoa deve, obrigatoriamente, proteger- se com luvas e botas. É aconselhável, inclusive, ter galinhas por perto para que elas comam o animal peçonhento. Também são “inimigos naturais” diversas espécies de aranhas,
pássaros, lagartos, corujas, seriemas e macacos.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp