Piloto de Lagoa da Prata participa do Rally dos Sertões

Piloto de Lagoa da Prata participa do Rally dos Sertões

Tulio Malta foi campeão dos Sertões em 2018 na categoria Marathon

Fotos: Claudiney Sandro

Reportagem: Alan Russel

No dia 24 de agosto começa mais uma edição do Rally dos Sertões. Pelo quarto ano consecutivo Lagoa da Prata tem um representante casca grossa na competição. Tulio Malta, um dos grandes nomes do rally de velocidade do país, foi campeão do Sertões em 2018 na categoria Marathon e ficou em quinto lugar na classificação geral. Esse ano, o atleta lagopratense que compete pela equipe O2BH YAMAHA, vai pilotar uma Yamaha WR 450F cilindradas. Nessa edição o Sertões inicia em Campo Grande, MT e segue por oito dias até a paradisíaca cidade cearense de Aquiraz. Tulio, que embarca para Campo Grande dia 20 de agosto, conversou com o Jornal Cidade e falou sobre a carreira e expectativa para a etapa 2019 do maior rally das Américas e segundo maior rally do mundo.

Tulio Malta tem 30 anos e confessou que nasceu e cresceu em um berço off-road. Aos três anos de idade ganhou a primeira motocicleta e desde então não parou de acelerar. Tulio iniciou sua carreira competindo em 2010 no rally de regularidades, onde foi bicampeão Brasileiro e tricampeão do Enduro da Independência, este, bem diferente do rally Cross Country, no qual compete atualmente. O piloto enfatizou que o motociclismo sempre foi muito presente em Lagoa da Prata. “Eu cresci rodeado de grandes pilotos com os quais aprendi muito. Romeu Valadão, Dinho Maciel e Marcinho Piriá sempre representaram muito bem Lagoa da Prata em todas as competições que disputavam. Eu tive a oportunidade de absorver muitas coisas com esses caras desde muito cedo. Além de amigos pessoais, são meus ídolos. Romeu Valadão, assim como eu, foi tricampeão do Rally da Independência. Meio que eu segui os passos desses pilotos e é muito gratificante continuar levando o nome de Lagoa da Prata nas principais competições de rally Brasil afora”, confessou. 

Outra questão abordada pelo piloto é com relação à geografia, trilhas e quantidade de pilotos em Lagoa da Prata. “Proporcionalmente temos mais motos off road que capitais como São Paulo e BH. Em geral, o pessoal de Lagoa é apaixonado pelo esporte outdoor. Arrisco a dizer que temos aqui de 600 a 700 motocicletas do segmento. Por mais que Lagoa esteja numa região de planície agro açucareira, temos por aqui ótimas trilhas e a galera do ciclismo também ajuda bastante na conservação das já existentes e o pessoal do motociclismo tá sempre abrindo novas, no qual contribui positivamente para a prática”, explicou Tulio Malta.

Sertões 2019

Tulio é uma das grandes promessas para o Rally dos Sertões 2019. O piloto já tem bagagem e experiência na competição e obteve ótimos resultados ano passado quando se sagrou campeão na categoria Marathon,  e consequentemente a quinta colocação na classificação geral. A preparação para o rally foi intensa nos últimos meses e Tulio acredita que esse ano pode ser ainda melhor. “A preparação que fiz para o Sertões esse ano foi muito forte. Posso dizer com propriedade que esse ano é o que estou mais forte e preparado para conquistar o primeiro lugar geral no Rally dos Sertões. Sei que sou novo e existem inúmeros concorrentes de peso, inclusive ídolos como Jean Azevedo, Gregório Caselani, Tunico Maciel  – atual campeão e amigo -. Ganhar o Sertões na classificação geral é um sonho. Na verdade, o maior como piloto. Então, por que não lutar por ele?” enfatizou o piloto.

Tulio sabe bem que em um rally da magnitude dos Sertões, por mais que o piloto esteja preparado, sempre pode acontecer algo fora do programado que pode tirar o competidor da disputa. Tulio confessa que já se acidentou a ponto de fraturar alguns ossos, já chegou a não participar da largada, já teve problemas mecânicos com a moto, mas mesmo assim acredita que esse é o seu ano no Sertões. “O rally Cross Country é uma planilha onde você tem que estar atento a tudo. Passamos por alguns lugares que nunca percorremos antes. Temos que estar atento aos radares, picos de velocidade e inúmeros outros pontos. São oito aparelhos com o qual temos que manusear e estar sempre de olho. Botoeira nas mãos, computador de bordo, odômetro, GPS’s e além de tudo o que carregamos no corpo. O rally é um esporte relacionado a maratona de longa duração, onde a resistência é o fator principal. Chegamos a passar 12, 13, até 14 horas em cima da motocicleta. Então levamos rádio, água, alimentos e ferramentas necessárias para percorrer essa maratona”. Indagado se durante a competição o piloto consegue ver e curtir as belezas naturais do trajeto, Tulio Malta é bem enfático: “Atingimos em determinados locais velocidades altíssimas. Chegamos a um pico de 180 km/h. Eu sei que estou passando pelo Jalapão, TO ou pelos cânions de Bom Jesus, PI, só não consigo observar muito e ter uma grande visibilidade do local”, brincou o piloto, confessando que é muito difícil curtir a região enquanto acelera. 

O piloto também ressaltou sobre a importância do apoio de empresas que apoiam o motociclismo off road. “Eu particularmente tenho empresas que me apoiam e acreditam no meu trabalho, como é o caso da Castel Construtora, Vortex Motopart e Sense Bikes de Lagoa da Prata. Mas em modo geral patrocínio no esporte é complicado no nosso país. As empresas têm muito receio em apoiar aquilo que não é do seu segmento. O motociclismo off road é um esporte que requer investimento e muitas das vezes pilotos de qualidade não conseguem se profissionalizar no esporte por falta de patrocínios. Aqui mesmo em Lagoa da Prata existem ótimos pilotos, e nosso esporte carece de patrocínios. Espero que os empresário olhem com carinho para o motociclismo e principalmente pra esse pessoal novo da nossa cidade, que podem render bons frutos”, completou.

A competição inicia no dia 24 e termina dia 01 em Aquiraz. Serão oito dias e 5.400 km a serem percorridos. Tulio encerrou dizendo que o apoio lagopratense é fundamental para um bom desempenho na competição. “O apoio externo, mensagens e torcida local me dá uma injeção de ânimo inexplicável. Tenho muito orgulho da nossa cidade, e estar fazendo o que mais amo sabendo que inúmeras pessoas torcem para o meu sucesso, é a melhor parte disto tudo! Vamos juntos cruzar o sertão brasileiro”.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄