Lagoa da Prata perde o ex-prefeito Pedro Resende

Lagoa da Prata perde o ex-prefeito Pedro Resende

Imagem extraída de vídeo

Professor Pedro, como era chamado, foi prefeito de Lagoa da Prata por dois mandatos, professor de Português e líder cursilhista

O professor Pedro Paulo Resende chegou em Lagoa da Prata no ano de 1968, após abandonar o sacerdócio. Fundou, junto com amigos que chegaram à cidade com ele, o “Colégio Lagoense”. Pedro foi prefeito entre os anos de 1982 e 1986 em seu primeiro mandato. Em sua administração ocorreu a conclusão do prédio do Fórum Municipal, assim a cidade passou a ser reconhecida como comarca.

Nascido em Lagoa da Prata, Pedro era muito preocupado com o que a cidade tinha a oferecer para a população e para os visitantes. Foi pensando em aumentar os atrativos turísticos do local que, em 1985, o então prefeito Pedro Paulo Rezende (PMDB) importou do Araguaia um casal de botos.

Pedro também foi um dos primeiros líderes do cursilho, que é um movimento eclesial de evangelização cristã.  Ele também ficou conhecido pelos diversos trabalhos na área da educação.

Netwise

Como prefeito, Pedro conseguiu o asfalto da estrada para Santo Antônio do Monte, Moema e Arcos. Fundou diversas escolas municipais, projetos educacionais, de lazer como o carnaval de rua.

Homenagem

Em entrevista à Radio Veredas, Antônio Sampaio, que atuou com vice-prefeito juntamente com Pedro Paulo, falou sobre a tristeza de perder o amigo.

É com muita tranquilidade que do ser humano, da pessoa  e do político que foi Pedro Paulo Resende. Trabalhei com ele por mais de 10 anos, fomos colegas de magistério e ambos lecionávamos Português. Tenho um profundo respeito e uma profunda amizade pelo Pedro por tudo o que ele representou para Lagoa da Prata, não só como político, mas como professor. Como político, ele foi prefeito de Lagoa da Prata por duas vezes. Pedro Paulo foi uma figura importante na história de Lagoa da Prata pela sua tranquilidade, pelo seu discernimento, pela sua palavra e pelo seu discurso fantástico. Ele era uma pessoa que encantava as pessoas porque ele sabia falar com precisão, qualidade de oratória, era um cidadão fantástico.  Ele deixará um legado de honestidade, respeitabilidade, compromisso, religiosidade, foi um grande pai, grande cidadão, amigo e foi excelente prefeito. Fico extremamente emocionado ao falar do professor Pedro porque  trabalhamos muito tempo juntos, fizemos muitas viagens, pelas buscas incessantes por recursos em Belo Horizonte para Lagoa da Prata. É uma perda muito grande e inestimável para Lagoa da Prata.

Toninho Sampaio – Diretor do SAAE e amigo de Pedro Paulo Resende

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄