Lagoa da Prata – Moradores reclamam de fumaça da turfa

Lagoa da Prata – Moradores reclamam de fumaça da turfa

A moradora do bairro São José, Flávia dos Santos Franco, relatou ao Jornal Cidade as dificuldades que tem enfrentado devido a fumaça ocasionada pela turfa. “O pior horário desde que o problema começou está sendo às 3:00 horas da manhã. Os idosos residentes nas imediações estão reclamando muito da falta de ar que a fumaça está ocasionando”, afirmou Franco.

De acordo com os moradores, no domingo (03/08) por volta de 18:30 horas começou a subir uma fumaça muito densa com um cheiro de queimada muito forte. Já na segunda-feira (04/08) durante o dia não apareceu nenhum indício de fogo nem de fumaça no local, mas novamente por volta de 18 h a fumaça teve início e de novo sem apresentar fogo.

Flávia ainda conta que desde domingo está dormindo com uma toalha molhada no rosto para conseguir respirar. A moradora contou foi parar no Pronto Socorro para realizar inalação devido a fumaça. “Luto contra uma asma há 14 anos e por causa dessas queimadas sempre estou tendo crises. Não há suspeitas do que houve e os moradores afirmam que não entendem o que está acontecendo, sendo que durante o dia não acontece nada e quando vai chegando o fim da tarde a fumaça começa”, afirmou.

Flávia Franco fazendo inalação
Flávia Franco fazendo inalação

 

 

 

 

 

 

Netwise

 

Até o momento, de acordo com Flávia, nenhuma autoridade ou ajuda compareceu no local para das explicações ou apoio aos moradores.

Segundo o médico Arlino Faria, a inalação da fumaça pode ser extremamente prejudicial ao organismo. “A fumaça atinge o sistema respiratório e para pessoas com problemas respiratórios pré-existentes podem desencadear crises como a asma, bronquite entre outros, pois a queima libera produtos tóxicos e químicos”, afirmou.

De acordo com o Engenheiro Ambiental, Walber Carvalho, a turfa é parte do estágio incipiente da formação do carvão mineral, sendo considerada um carvão mineral formado nos últimos dez mil anos, resultante do atrofiamento e da decomposição incompleta de material lenhoso e de arbustos, e musgos e líquens em condição de umidade excessiva. Dessa forma, a turfa está associada a regiões pantanosas ou encharcadas. Porém, a combustão da mesma pode ser acidental ou crimonosa.

 

Posição da Prefeitura Municipal

 

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Lagoa da Prata, uma brigada da Usina Biosev esteve no local na manhã de hoje (5/08) com um caminhão-pipa para tentar diminuir a fumaça.

10559869_710092349039541_1545191887764403414_n

 

 

 

 

 

 

 

10599146_710092155706227_368356780849426425_n

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄