fbpx

A saúde começa mesmo pela boca? Dentista explica melhor esse termo tão usado ultimamente

A dentista ainda explicou que é importante destacar que há diversos cuidados com os dentes que precisam virar hábito.

Rhaiane Carvalho


Você já deve ter ouvido inúmeras vezes que a saúde começa pela boca, certo? Mas sempre ouvimos isso relacionado à alimentos que, obviamente, é a mais pura verdade. Mas você já pensou sobre o que a falta de cuidados com seus dentes pode acarretar à sua saúde?

Para falar mais sobre esse assunto, a reportagem conversou com a dentista Symoni Valim, que explicou que a boca é a porta de entrada para muitas doenças.

“Há milhares de bactérias e micro-organismos que, a partir dessa “porta de entrada”, podem percorrer o corpo todo, pela corrente sanguínea. Elas vivem em harmonia conosco, mas problemas bucais podem acabar com esse equilíbrio e fazer com que bactérias orais causem infecções ou até graves doenças em diferentes órgãos, como o coração”, explicou.

A dentista ainda explicou que é importante destacar que há diversos cuidados com os dentes que precisam virar hábito. Entre eles estão a escovação diária após as refeições, o uso do fio dental, a realização de bochechos, a escolha do creme dental e a consulta regular com o dentista. Veja a lista que ela preparou:

  • Escovação diária após as refeições

O primeiro cuidado necessário com os dentes é básico e nem há muitos segredos: é a escovação diária após as refeições. É recomendável fazer a escovação, ao menos, três vezes ao dia. Não deixe de escovar os seus dentes antes de dormir.

Mas por qual motivo é importante escovar os dentes antes de dormir? Durante o sono o fluxo de saliva costuma diminuir. Desse modo, a boca tende a se tornar um ambiente favorável para a ação de bactérias causadoras de cáries e doenças que prejudicam a saúde bucal.

 

Essa dica pode parecer muito simples, no entanto, é um dos hábitos mais importantes para assegurar uma boa saúde bucal. Isso porque, sem a escovação diária aumentam-se os riscos da ocorrência de cáries, placas bacterianas, tártaros etc.

  • Uso de fio dental e faça bochecho

Outra dica básica de cuidado com os dentes é o uso de fio dental. No entanto, essa prática ainda enfrenta resistência por parte de muitas pessoas. Assim como a escovação, é necessário fazer esse procedimento ao menos três vezes por dia.

Ao usar o fio dental todos os dias torna-se possível prevenir cáries, inflamações na gengiva, sangramentos e doenças ocasionadas pelo acúmulo de placa bacteriana entre os dentes.

A realização de bochecho, podendo ser com água ou mesmo com um enxaguante bucal, evita o acúmulo de bactérias. Desse modo, podemos dizer que essa simples prática é um dos principais cuidados a serem tomados com os dentes.

  • Evitar fumar e consumir doces em excesso

Realmente é muito difícil a resistir ao consumo de doces, afinal de contas eles são muito saborosos e têm muito açúcar. Nesse contexto, em caso de consumo exagerado pode acontecer o acúmulo de placa bacteriana entre os dentes ao consumir os doces.

Vale destacar que uma boa saúde bucal precisa estar aliada com uma dieta saudável. Por esse motivo, é muito importante evitar esses vilões ou mesmo reduzir o consumo. É válido também trocar os alimentos industrializados pelos naturais.

Além disso, não é segredo para ninguém que o hábito de fumar é prejudicial para a saúde de forma geral e essa realidade não é diferente em relação aos dentes. Isso porque, o produto tem nicotina. Essa substância fica acumulada nos dentes, o que contribui para amarelar e enfraquecer eles.

Mas quais outros problemas que a falta de cuidado com os dentes pode causar?

Cárie

Essa é a doença mais conhecida envolvendo práticas ruins de saúde bucal. Mesmo sendo mais comum nas crianças, o fato é que as cáries também podem acometer os adultos. Ou seja, todos devem tomar as medidas necessárias para evitá-las.

Quando os resíduos dos alimentos não são retirados dos dentes como deveriam, eles acabam assumindo a função de ímãs de bactérias, que intensificam a produção de ácidos na boca e podem comprometer a parte estrutural dos dentes.

  • Gengivite

Se algum dia sua gengiva ficar inchada, muito vermelha e com sangramento, então é sinal de que você está com gengivite. Essa doença é resultado de uma inflamação provocada pelo excesso de placa bacteriana na boca.

É essencial que, ao perceber a presença da gengivite, você procure um dentista imediatamente. Do contrário, a placa bacteriana pode endurecer, formar o tártaro e destruir aos poucos a estrutura dos dentes.

Outro problema que pode surgir é a periodontite. Além do sangramento, você notará um aumento da sensibilidade, do mau hálito e uma retração na gengiva.

A periodontite, por ser uma evolução da gengivite, é ainda mais grave e pode levar à perda do dente.

  • Endocardite bacteriana

Esse problema afeta um dos principais órgãos humanos: o coração. A endocardite bacteriana começa na falta de higiene bucal, porém até um sangramento na boca é capaz de permitir que essa doença se desenvolva.

A partir do momento que as bactérias bucais entram no sistema sanguíneo, o revestimento interno do coração sofre sérios danos, originando a endocardite. Se não tratada, a doença pode levar à morte do paciente.

Além da endocardite bacteriana, a falta de cuidado com os dentes pode fazer com que a pessoa fique mais suscetível a outras doenças cardíacas. Por exemplo: se você tem periodontite, as chances de você ter uma embolia pulmonar ou um infarto são maiores.

  • Diabetes

Pessoas diabéticas precisam estar sempre alertas com qualquer contaminação no organismo. Afinal, essas infecções podem modificar os níveis de glicemia tão fundamentais para seu bem-estar.

No entanto, quando essa pessoa desenvolve um problema bucal que a force a comer alimentos que aumentem a glicemia — como é o caso do pão — a diabetes pode piorar.

“Ah, mas eu não tenho diabetes, então estou bem”. Não exatamente. Se houver um histórico familiar, seja por parte de pai ou de mãe, você tem uma forte tendência a desenvolver a diabetes. E com a saúde bucal atrasada, o diagnóstico será só uma questão de tempo.

“Na próxima vez que você estiver cuidando dos seus dentes, lembre-se que o motivo para tamanho zelo não é simplesmente estético. Ao fazer a higiene bucal com perfeição, você garantirá uma vida cheia de saúde. Portanto, não deixe seu bem-estar para depois: adote boas práticas de higiene dental e visite regularmente o dentista para ficar com tudo em ordem”, enfatizou a dentista.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄