COMPARTILHAR
Foto: Ilustração / Google Maps
Continua depois da publicidade .

Suspeitando de um golpe, o solicitante deslocou até a policlínica, onde foi informado que os funcionários municipais não pedem dados bancários aos seus pacientes

Às 11h30 de ontem (24), a Polícia Militar de Japaraíba compareceu à rua Emílio Lopes, no centro, onde um solicitante de 80 anos, relatou aos policiais militares que foi abordado por um casal de suspeitos que se identificaram como fiscais de saúde pública.

Após várias perguntas a respeito de medicamentos, os infratores disseram que a vítima teria direito a um auxílio para custeio de medicamentos de uso contínuo não cedidos pela prefeitura e solicitaram os seus documentos pessoais e cartão bancário.

Continua depois da publicidade .

Suspeitando de um golpe, o solicitante deslocou até a policlínica, onde foi informado que os funcionários municipais não pedem dados bancários aos seus pacientes.

Depois de dar falta de sua senha bancária, a vítima foi até uma agência e, ao tirar o extrato de sua conta, verificou que fora realizado três saques indevidos de alto valor.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp