COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Um médico, de 54 anos, foi detido em uma unidade de saúde, no bairro Padre Libério, enquanto trabalhava, na última segunda-feira (31). Ary de Oliveira Rocha Filho é acusado de tentar matar a ex-mulher, de 45 anos, na última sexta-feira (28). O caso veio à tona apenas nesta sexta-feira (04).

 

Continua depois da publicidade.

A vítima registrou boletim de ocorrência ainda na sexta-feira alegando que foi perseguida durante toda a noite pelo suspeito. Segundo o registro, enquanto ela teria ido à padaria com o atual namorado, ele teria passado várias vezes pelo casal a ameaçando. Em seguida, ele teria parado e disparado três tiros que acertou o vidro da janela de um prédio, na Rua São Paulo, esquina com Maranhão.

 

Na segunda-feira foi cumprido mandado de prisão e o médico foi preso e levado para o presídio Floramar. Na casa do suspeito foi encontrada uma arma e munição. O homem teria feito os disparos porque não aceita o fim do relacionamento que acabou há 10 anos.

 

O caso será investigado e a previsão é que o inquérito seja concluído nos próximos dias pelo delegado responsável, José Luis.

 

Fonte: Portal Centro Oeste

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp