COMPARTILHAR
Dr Alexandre Andrade de Castro Superintendente de Polícia Civil e o prefeito Julvan Lacerda.
Continua depois da publicidade.

O município de Moema foi contemplado no dia 11 de abril, através da Superintendência da Polícia Civil de Minas Gerais, com a reativação da Delegacia de Polícia Civil. A notícia foi dada pelo superintendente Estadual, Alexandre do Carmo Andrade, após vários pedidos e articulações do prefeito Julvan Lacerda.

Em 2009, a delegacia havia sido desativada devido a uma resolução do Governo do Estado que extinguiu todas as delegacias localizadas em cidades que não eram sede de comarca. Algumas continuaram realizando apenas vistoria de trânsito.

Continua depois da publicidade.

A nova sede, que funcionará a partir de junho, estará situada na rua Tamoios, 974, no centro, e será comandada pelo delegado José Márcio da Silva, que atualmente é o responsável pelo setor de trânsito em Lagoa da Prata. A unidade também oferecerá serviços pertinentes ao trânsito, identificação e investigação.

O Diário oficial de Minas Gerais também publicou o ato de remoção do Investigador (Leonardo Boscolli) e da Escrivã (Fabrícia Rezende), que atuarão na delegacia de Moema.

De acordo com o prefeito municipal Julvan Lacerda, a crescente onda de crimes em todo o Estado deixou o cidadão preocupado. E a presença da Polícia Civil na cidade possibilitará maior eficiência nas investigações e apurações de condutas delituosas, fornecendo ao Poder Judiciário elementos mais consistentes para a aplicação da Lei. “Em Moema são emplacados e transferidos mais de 100 veículos por mês, e torna-se um inconveniente o deslocamento até Bom Despacho. A abertura da delegacia resolverá este problema. Mais do que um pedido, essa demanda era um clamor de todos os moemenses”, afirmou.

José Libério de Lima
José Libério de Lima

Para José Libério de Lima, morador de Moema, a delegacia faz muita falta para a comunidade. “Fez e faz muita falta. Precisava ter reaberto há mais tempo. A gente perde o dia em Bom Despacho para tentar resolver os problemas. Aí é uma dificuldade danada”, disse.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp