COMPARTILHAR
Ilustração
Continua depois da publicidade.

A empresa foi agraciada na categoria Comunicação e Relacionamento

A Biosev S.A. (B3:BSEV3), segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, recebeu pelo segundo ano consecutivo o certificado MasterCana Social 2017 na categoria Comunicação e Relacionamento. Nessa edição o reconhecimento foi pelo o Prêmio Destaque, iniciativa criada para reforçar a Cultura Organizacional e fortalecer relações entre a empresa e seus colaboradores durante todo o ano.

A diversidade de culturas existentes na Biosev, resultado de sua formação por meio de fusões e aquisições, era um desafio na construção de uma cultura própria e única para a companhia. A partir de um Diagnóstico de Comunicação e Cultura, realizado no final de 2014, foi elaborado um amplo plano estratégico que guiou todas as ações.

Continua depois da publicidade.

Para engajar os colaboradores e a liderança com os novos direcionamentos da Cultura Biosev de forma contínua, a empresa criou o Prêmio Destaque, que integra o calendário anual da empresa e reconhece as contribuições dos colaboradores que criam valor para a Biosev, por meio de projetos ou melhorias de processos e, também, os times com os melhores desempenhos em saúde, segurança do trabalho e meio ambiente.

“Entendemos que o engajamento deveria ir além de um momento pontual de comunicação e tornar-se um processo permanente dentro da empresa. Por isso, optamos por ações que contribuíssem para a construção de um relacionamento mais perene com o colaborador”, explica Mara Pinheiro, gerente de Comunicação e Responsabilidade Social da Biosev.

Sobre a Biosev

A Biosev é a segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, com 11 unidades em operação, estrategicamente organizadas em cinco polos agroindustriais: Ribeirão Preto, Mato Grosso do Sul, Nordeste, Leme e Lagoa da Prata. A companhia, que é controlada pela Louis Dreyfus Group, iniciou sua atuação no setor de açúcar e etanol em 2000 com a aquisição de sua primeira unidade no Brasil. Atualmente tem capacidade de processamento de 36,4 milhões de toneladas/ano de cana-de-açúcar e 1.346 GWh/ano de energia elétrica renovável excedente, gerada a partir da utilização do bagaço de cana-de-açúcar e outras biomassas. Para armazenagem e movimentação de açúcar, a empresa possui uma joint venture no TEAG – Terminal de Exportação de Açúcar do Guarujá Ltda. Em 2013, a empresa ingressou no Novo Mercado da B3, segmento que adota os mais altos padrões de governança corporativa. www.biosev.com

Por: Fernando Antunes – Fsb Comunicação

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp