COMPARTILHAR
Fotos: Lindomar Fotógrafo
Continua depois da publicidade .

Graduada pela PUC Minas, a jornalista é natural de Lagoa da Prata e tem experiência em jornal de grande circulação

O Jornal Cidade está sob nova direção. Desde o dia primeiro de fevereiro o veículo de imprensa está sob a responsabilidade da jornalista Beatriz Vasconcelos, que irá estabelecer a linha editorial e direcionar os trabalhos no dia a dia da empresa.

Mesmo com a mudança de direção, a proposta é melhorar ainda mais o produto entregue aos leitores e anunciantes. Na verdade, a equipe do Jornal Cidade recebeu mais um reforço. Os antigos diretores, Juliano Rossi e Everton Costa, continuarão presentes e darão suporte nas áreas de relacionamento com os clientes (empresas e instituições) e de planejamento gráfico e design, respectivamente.

Continua depois da publicidade .

A redatora Rhaiane Carvalho, que atua no veículo desde 2014, também continuará na equipe. Juliano, fundador e então editor do Jornal Cidade, explica os motivos da mudança. “Primeiro, gostaria de ressaltar que o Jornal Cidade foi uma inovação no segmento de imprensa em Lagoa da Prata.

Desde 2013 viemos implantando novidade, dentre elas destaco a gratuidade do jornal, com ampla distribuição em todos os bairros. O Jornal Cidade alcança, literalmente, todos os tipos de leitores. Também fomos o primeiro jornal com circulação regular totalmente colorido e impresso em altíssima qualidade. Em 2014 o time recebeu o reforço do Everton, o que possibilitou impulsionar o Jornal Cidade a se tornar o principal portal de notícias na internet e o primeiro no ranking do Google, dentre outras inovações. Eu atuo na área de imprensa há 15 anos, sendo 8 ininterruptos. Minha contribuição foi dada. Acho que é chegada a hora de passar o bastão para outro profissional que possa melhorar, ainda mais, o Jornal Cidade, com uma nova visão jornalística”, disse.

O convite para que Beatriz Vasconcelos assumisse a direção do veículo aconteceu no final de 2017. O diretor Everton explica os motivos que os levaram a acreditar na competência da jornalista. “Beatriz está com brilho nos olhos. Além de ser uma profissional formada, possui experiência em um jornal de grande circulação no Distrito Federal. Ela também produziu, praticamente sozinha, uma revista de muita qualidade, o que nos leva a acreditar que possa também desenvolver um grande trabalho aqui no Jornal Cidade. O jornal precisa ampliar o seu olhar, talvez acrescentar uma visão mais feminina sobre os temas abordados, mas sempre mantendo os avanços feitos e as características do produto, que tornam o Jornal Cidade um veículo diferente”, afirma Everton.

Para Beatriz, a oportunidade de agregar a editoria do Jornal Cidade aos seus trabalhos é um avanço importante e promissor: “Durante dez anos trabalhei como repórter, redatora e revisora em grandes jornais de Brasília. Aprendi bastante por lá, e me especializei em produção de textos. Recentemente lancei a Revista Da Prata Casas, que chamou bastante atenção. Agora surgiu a oportunidade de agregar mais este trabalho para retomar com mais força a minha carreira profissional. Como o Jornal Cidade já é um produto muito bom, o meu desafio é acrescentar. Por isso, a minha proposta é uma linha editorial voltada para a valorização da nossa cultura, das entidades, empresas, e os serviços à comunidade. Eu desejo que tudo de bom que estiver na nossa cidade seja mais visto e valorizado, e este é o meu perfil jornalístico. Conto com o apoio dos leitores e prestadores de serviços para enviar sugestões e informações, porque, assim, o trabalho é feito de acordo com a demanda que a própria sociedade estabelece”.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp