COMPARTILHAR
Fotos: Polícia Militar
Continua depois da publicidade.

Os indivíduos assaltaram um posto de combustível e, segundo informações da Polícia Militar, são suspeitos de praticar tráfico de drogas

Na última quarta-feira (1), a Polícia Militar de Lagoa da Prata foi solicitada para comparecer em um posto de combustíveis no bairro Marília, onde dois indivíduos ocupando um veículo Fiat/Uno teriam cometido um assalto à mão armada contra o estabelecimento, levando 415 reais em dinheiro e o celular de um dos frentistas.

Através de denúncias anônimas recebidas via 190, a Polícia Militar foi notificada de que um dos autores seria um indivíduo morador do bairro Américo Silva e que este estaria planejando um assalto a uma casa lotérica.

Continua depois da publicidade.

Com base nestas informações, a foto do suspeito foi mostrada para as vítimas que o reconheceram, como sendo o autor do roubo. De imediato, foi organizada uma operação policial, que contou com o apoio da Guarda Civil Municipal, uma equipe da 7ª Cia de Polícia Rodoviária e várias viaturas da 107ª Cia PM, sob a coordenação do Comandante do 2º Pelotão de Polícia Militar de Lagoa da Prata.

As equipes policiais deslocaram para a residência de um dos suspeitos e ao chegarem no local depararam com os dois autores do roubo que, ao perceberem a presença policial pularam vários muros de casas vizinhas na tentativa de  fugirem.

Foi realizado um cerco policial nos quarteirões próximos à casa abordada e, em uma área de mata, foi localizado e preso um dos suspeitos e com ele apreendido um tablete de de maconha e uma balança de precisão. Este primeiro autor, ao ser indagado, confessou a sua participação no assalto e disse que era quem conduzia o Fiat/Uno utilizado na fuga do roubo.

Fotos: Polícia Militar

Novamente, a sala de operações da 107ª Cia PM recebeu outra denúncia anônima apontando que o segundo autor do roubo estaria escondido no quarteirão cercado pelos policiais. Os agentes foram de casa em casa e com a autorização de seus moradores realizaram buscas que culminaram na prisão do segundo indivíduo, que estava escondido no interior de um banheiro. Na residência de um dos autores foi apreendido três celulares, sendo um deles o da vítima do assalto, uma réplica de arma do fogo do tipo pistola, modelo 1911 de cor preta, a quantia de R$ 406,00 em dinheiro, roupas e calçados que os assaltantes utilizavam no momento roubo, além de dois tabletes de maconha e uma pedra de crack de tamanho considerável que estavam escondidas em uma árvore defronte à casa do autor.

Ainda nesta residência, foi apreendido o veículo Fiat/Uno e no interior deste duas toucas ninja. Os militares também descobriram que este veículo foi emprestado por uma terceira pessoa com a garantia de receber parte do produto do roubo, sendo que este indivíduo não foi encontrado, mas foi devidamente qualificado na co-autoria do crime.

Um dos autores preso possui várias passagens e denúncias por tráfico e já esteve envolvido na tentativa de um roubo à uma casa lotérica na cidade. Os autores foram levados ao hospital, pois apresentavam vários ferimentos em razão da fuga perpetrada e, posteriormente, conduzidos à Delegacia Regional de Bom Despacho, onde ficaram à disposição da autoridade de Polícia Judiciária.

Segundo o Tenente Luciano Couto, a contribuição da comunidade nas denúncias anônimas  e o trabalho em conjunto das forças policiais, Guarda Civil Municipal, Policia Militar e Polícia Militar Rodoviária foram essenciais para o sucesso da operação.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp