Vereadora rebate declaração da Prefeitura de Samonte sobre rede esgoto em comunidade rural

Vereadora rebate declaração da Prefeitura de Samonte sobre rede esgoto em comunidade rural

Durante a reunião, a vereadora ressaltou que o problema estava ocorrendo em diversas comunidades rurais. De acordo com a parlamentar, desde 2017 se fala sobre o tema e que é algo que ocorre há muito tempo e não entende a razão da rede esgoto não ter sido reparada no local.

Karine Pires

A redação do Jornal Cidade tem acompanhado a situação de uma rede esgoto com canalização danificada na comunidade rural São José dos Rosas, em Santo Antônio do Monte. Foram feitas diversas denúncias e pedidos para que houvesse reparos na canalização, por parte dos moradores, pois a situação está gerando danos financeiros, ambientais e, possivelmente, pode ocasionar problemas de saúde nas famílias que moram no local. 

A Prefeitura Municipal de Santo Antônio do Monte, respondeu a redação dizendo que não estava ciente da situação no local, no entanto, na 23ª Reunião Ordinária na Câmara Municipal da cidade, realizada no dia 10 de agosto, o tema foi debatido. A vereadora e 1ª Secretária da mesa diretora da Câmara Municipal da cidade, Fernanda Oliveira Santos e Castro (DEM), fez um requerimento e uma indicação para que a situação no local fosse reparada.

Durante a reunião, a vereadora ressaltou que o problema estava ocorrendo em diversas comunidades rurais. De acordo com a parlamentar, desde 2017 se fala sobre o tema e que é algo que ocorre há muito tempo, e não entende a razão da rede esgoto não ter sido reparada mesmo após ter sido encaminhada solicitações ao para a prefeitura. Ela reforçou que o requerimento era dirigido não só ao executivo como também para a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (COPASA). O vereador Hélio Antônio de Faria (PV) relatou a situação da comunidade em uma indicação feita em 4 de março deste ano, que já havia feito outras solicitações ao executivo e secretaria de obras do município, segundo ele, a obra não geraria gastos exorbitantes aos cofres públicos.  

Questionada sobre as informações, a Prefeitura Municipal da cidade afirmou que tomou ciência dos fatos e que irá solucionar o caso, no entanto, não deu detalhes se esta solução seriam as obras de caráter emergencial no local ou outra ação sobre o caso.

A Prefeitura de Santo Antônio do Monte informa que tomou ciência do assunto, e já está trabalhando para solucioná-lo.

 Entenda o caso

A redação o Jornal Cidade recebeu denúncias sobre uma canalização danificada na comunidade rural São José dos Rosas em Santo Antônio do Monte. Após apurar as denúncias, entramos em contato com a Prefeitura Municipal que havia declarado desconhecer os fatos mas que estaria aberta para ouvir moradores. A engenheira Andreza Simões, filha do produtor rural Alvimar Simões, se disse frustrada com a resposta da prefeitura na ocasião, pois ela e o pai tentaram solucionar o problema por meio das autoridades responsáveis e ressaltou que o produtor sofre, pois sua atividade leiteira no local e seus animais estão morrendo, não se sabe a causa da morte, mas pode estar ligada ao esgoto está alocado na região a céu aberto.


Leia Mais:

Canalização danificada em comunidade rural de Samonte prejudica moradores
Engenheira Ambiental rebate declaração da Prefeitura de Samonte sobre canalização danificada

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄