Vereadora Josiane promete empenho para combater as difamações na internet

Vereadora Josiane promete empenho para combater as difamações na internet

Em sua primeira sessão na Câmara de Lagoa da Prata, parlamentar citou a incapacidade da delegacia local em apurar os crimes virtuais

Os vereadores da atual legislatura realizaram ontem à tarde a primeira sessão ordinária de 2017. Foram discutidos projetos e iniciativas de autoria do Executivo e Legislativo. Durante a palavra livre, a vereadora Josiane Almeida, que está em seu primeiro ano parlamentar, comentou sobre as difamações publicadas nas redes sociais, principalmente por perfis falsos no Facebook.

Ela reclamou da falta de capacidade da delegacia local em apurar os crimes virtuais e sugeriu que os vereadores se empenhem para tentar resolver as queixas na própria cidade.

“O que mais tem no Facebook é pessoas denegrindo a imagem do outro. Não existe punição. As pessoas criam perfil fake e falam o que querem. Hoje em dia, o cidadão menciona um fake na delegacia e eles falam: ‘Ah, mas não tem como fazer nada’. A gente tem que ir a Belo Horizonte tentar resolver a situação, mas temos que resolver aqui na cidade. A pessoa não pode falar o que quer. Expôr a opinião pode, mas não cometer um crime virtual. Os criminosos virtuais têm que ser punidos. Vou lutar para isso e espero contar com a ajuda de meus nobres colegas”, afirmou Josiane.

INTERNAUTA É MULTADO EM DIVINÓPOLIS

O autônomo Ítalo Batista Soares, de 27 anos, foi condenado pela Justiça ao pagamento de R$ 4 mil por indenização e R$ 9 mil por dia de multa porque realizou uma postagem no Facebook comparando o candidato a prefeito Luís Militão ao personagem Dino, da série Família Dinossauros, veiculada na televisão brasileira nos anos 90.

Netwise

O Ministério Público e a Justiça de Divinópolis entenderam que o conteúdo publicado por Ítalo era ofensivo. O autônomo removeu a publicação no mesmo dia que recebeu a notificação da sentença judicial.

POLÍCIA JÁ TEM INFORMAÇÕES DE PERFIL FAKE DE LAGOA DA PRATA

Em novembro de 2015, um morador de Lagoa da Prata foi vítima de um crime virtual. Na ocasião, o perfil falso Carlos Borromeu compartilhou uma postagem ofensiva à sua imagem.

A Polícia Civil abriu um inquérito e já tem disponível o IP (identificação do computador utilizado pelo autor do perfil falso) e o e-mail que ele utiliza para acessar a conta, mas as investigações seguem em ritmo lento na Depol.

Josiane Almeida – Vereadora em Lagoa da Prata

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄