Vereador de S. A. do Monte tenta atrair empresa que pode ser instalada em Lagoa da Prata

Vereador de S. A. do Monte tenta atrair empresa que pode ser instalada em Lagoa da Prata

Foto: Arquivo

Em 2015, a Câmara Municipal de Lagoa da Prata aprovou a troca de um terreno do município, situado às margens da rodovia MG-170, de 4.400 metros quadrados por um imóvel edificado, que pertence à esposa de um empresário local, onde está abrigada a base do SAMU. O terreno oferecido pelo município, de acordo com a lei aprovada naquele ano, deve ser utilizado, exclusivamente, para a implantação de uma indústria, que deve estar em funcionamento até 2018.

Nas últimas semanas, o Executivo Municipal enviou à Câmara um novo projeto de lei flexibilizando as condições de uso do terreno cedido pelo município, por parte do empresário. O texto recebeu emendas, que resguardavam a obrigatoriedade de uso do terreno para fins comerciais, mas foi rejeitado pelo legislativo.

Netwise

Vereadores de oposição e situação, imediatamente após a rejeição do projeto, usaram as redes sociais para defenderem os seus pontos de vista. Após as divergências criadas pelos legisladores de Lagoa da Prata, o vereador de Santo Antônio do Monte, Tião Miranda, usou o seu perfil no Facebook para informar aos seus seguidores que conversou com o empresário de Lagoa da Prata para convencê-lo a levar a empresa para o seu município. “O prefeito Dinho do Brás coloca a disposição (sic) para qualquer empresa que queira instalar em nossa cidade para gerar empregos. A Câmara apoia”, escreveu o parlamentar.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄