fbpx

Tribunal de Justiça da Comarca de Lagoa da Prata inaugura painel de Heleno Nunes

Painel de sete metros de largura vai ficar na entrada do fórum da cidade natal do artista.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais da Comarca de Lagoa da Prata inaugurou nesta sexta-feira (24) o Painel “Justiça”, do artista plástico Heleno Nunes, no Fórum Bárbara de Oliveira Miranda, na comarca de Lagoa da Prata. A cidade do Oeste de Minas Gerais é a terra natal do artista Heleno Nunes. A solenidade começou às 10h30, com a presença do autor da obra.

O painel, que ficará em exposição permanente na entrada no Fórum Bárbara de Oliveira Miranda, tem 7 metros de largura por 1 metro e 75 centímetros de altura, e foi pintado em acrílico sobre tela. A obra, no estilo Expressionista, levou três meses para ser concluída.

Detalhes da obra (Fonte: Jornal Cidade/Divulgação)

“A obra de arte ajuda a quebrar esse clima gélido do Fórum. A figura central tem os braços e abraços, expressando os vários sentimentos do ser humano. Acho que serve para quebrar o que chamam de ‘energia negativa’, normalmente associada ao local. Acho isso muito importante para o nosso ambiente. Nas palavras do pintor Paul Klee, ‘a arte não mostra o que vemos, ela nos faz ver’. Acredito que as pessoas ao olharem essa obra, vão enxergar o espírito da Justiça” – Islon Damasceno, Juiz de Direito da 2ª Vara da Comarga de Lagoa da Prata

Esta não é primeira vez que Heleno Nunes exibe seu talento em sua própria terra natal. Em 1980, a convite do prefeito, ele pintou um painel no prédio que abrigava o antigo fórum, na época, recentemente inaugurado. O sucesso da obra o ajudou a se inserir, de forma mais ativa, no mundo das artes plásticas.

“Uma vez uma crítica de arte muito exigente abriu sua matéria falando assim: um santo de casa que faz milagre. E eu faço questão mesmo de dizer que sou de Lagoa da Prata. Tenho muito orgulho. Eu trabalhei muito. Foram cerca de 20 horas trabalhadas por dia. Gostei muito desse painel. Geralmente as pessoas entendem o Fórum como uma coisa fria. Mas fiz uma coisa moderna, interessante e com um significado profundo” – Heleno Nunes, autor da obra.

A obra. Fonte: (Fonte: Jornal Cidade/Divulgação)

O artista

Heleno Nunes iniciou a carreira na década de 1970, quando desenhava quadrinhos para suplementos infantis em diversos jornais do país, como o Estado de Minas, Zero Hora de Porto Alegre e Gazeta do Paraná.

Heleno Nunes, autor da obra. (Fonte: Jornal Cidade/Divulgação)

 

Seus trabalhos despertaram interesse de colecionadores do Brasil e do exterior. Em 2000 expôs na Galeria Debret, na França, a convite do então embaixador brasileiro, Marcos Azambuja. O artista não parou mais e criou vários painéis. Dentre eles se destacam o do terminal rodoviário de Belo Horizonte, Cidade administrativa (2011) e Hospital Mater Dei. Recentemente, o artista lagopratense também foi convidado para expôr quadros inéditos no Edifício Sede do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, em Belo Horizonte. A exposição acontecerá entre os dias 29 de setembro e 20 de outubro.

“Meu pai, além de pai, sempre foi um grande amigo e parceiro. É uma satisfação muito grande estar aqui e poder compartilhar deste momento das exposições e saber que ele hoje, é um representante da cultura em Lagoa da Prata e no Estado de Minas Gerais” – Lucas Nunes, filho do Heleno Nunes.

Heleno Nunes e familiares. (Fonte: Jornal Cidade/Divulgação)

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄