Servidores da Polícia aderem à paralisação contra reforma da previdência

Servidores da Polícia aderem à paralisação contra reforma da previdência

Servidores são contra a reforma da previdência e pedem tratamento igualitário e a manutenção de direitos já conquistados.

Nesta sexta-feira (28), servidores da Polícia Civil aderiram à uma paralisação estadual da categoria. Na região, Bom Despacho, Formiga e Nova Serrana estão entre as cidades que aderiram ao movimento, incluindo Divinópolis e Pará de Minas.

O motivo seria contra a proposta de reforma da previdência dos servidores de Minas Gerais, que está tramitando na Assembleia Legislativa de Belo Horizonte. As atividades essenciais estão funcionando nas unidades que aderiram a paralisação, outros serviços estão sendo reagendados e o efetivo está mantido de acordo com a legislação.

Netwise

Policiais, agentes e demais servidores da Polícia de Minas Gerais exigem tratamento igualitário na reforma e a garantia dos direitos que já foram conquistados anteriormente.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄