Seminário discute ações para o varejo da região

Seminário discute ações para o varejo da região

Foto: Beatriz Vasconcelos

Lagoa da Prata abrigou nos dias 26 e 27 de setembro, a última etapa dos seminários regionais promovidos pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL). Os seminários aconteceram também em todas as outras regiões de Minas, e, aqui no Centro Oeste, nossa cidade foi a escolhida para sediar o evento, por meio da Associação Comercial e Empresarial e Câmara de Dirigentes Lojistas de Lagoa da Prata (ACE/CDL).

O objetivo dos encontros é a promoção de melhorias nos processos de gestão e  representatividade das CDLs mineiras. São contribuições importantes para que essas entidades promovam a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios em suas localidades, além de fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia.

De acordo com o vice–presidente da FCDL-MG, que também é presidente da CDL de Itaúna e conselheiro do Conselho Estadual do SPC Brasil, Maurício Nazaré, a proposta é desenvolver políticas junto com o poder público municipal para desenvolver o setor do comércio e serviço. “Temos feito esse movimento regionalmente por todo estado de Minas Gerais, com o intuito de fazer esses grupos trabalharem em conjunto, gerando melhores resultados e mais confiança. Para isso, temos que contar com o engajamento da população, na área do comércio e serviço.

Durantes os dois dias de evento, no Hotel Samba By Gilberto Silva, vários representantes das cidades da região estiveram reunidos em discussões importantes. Entretanto, na manhã do dia 27 aconteceu para os associados a palestra “Políticas públicas para o desenvolvimento do município e do varejo”. O palestrante, Marcos Lima, é consultor especialista em políticas públicas e explicou a importância de disseminar e internalizar o impacto de uma efetiva agenda de políticas públicas, que esteja sintonizada com a realidade local.

Para Marcos, a aproximação das eleições torna a discussão do tema ainda mais importante. “Hoje o cenário é muito propício para a gente conversar sobre políticas públicas. O pleito eleitoral é um conceito interessante para isso, porque o assunto político vem à tona, e nós brasileiros precisamos aprender a política na nobreza do seu processo. A política existe para que possamos resolver os nossos desafios, para que a gente possa ser feliz, melhorar a qualidade de vida do povo na sua integralidade.” pontuou.

Como atividade final do seminário, os participantes discutiram e elaboraram uma agenda de políticas públicas da região Centro-Oeste. “A agenda é distribuída em oito temas com o objetivo de desenvolver o comércio e serviço da região, atrelado ao desenvolvimento do território, porque o comércio é o termômetro da economia”, disse Marcos Limas enfatizando a necessidades dos setores econômicos estarem alinhados: “Quando o comércio vai bem, é porque a indústria e agronegócio fizeram seu papel. Então, o comércio vai estar bem se os demais setores também estiverem, e tudo que é feito em prol do comércio vai ajudar no desenvolvimento do território”.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄