Rebaixamento do Cruzeiro para série B deixa torcedores indignados

Rebaixamento do Cruzeiro para série B deixa torcedores indignados

Equipe do Jornal Cidade conversou com cruzeirenses, que se mostraram tristes com a situação atual do clube.

Máfia Azul de Lagoa da Prata. (Foto: Vítor Modesto).

Rhaiane Carvalho

É, não teve jeito! O ano encerrará mais triste para a nação azul celeste. No dia 8 de dezembro, a equipe do Cruzeiro entrou em campo no Estádio do Mineirão contra o Palmeiras e perdeu por 2 a 0, acarretando no rebaixamento, por muitas vezes negado pelos cruzeirenses. O fato, que é inédito, deixou os torcedores tristes e revoltados com o time que não teve bom desempenho durante o ano de 2019. O Jornal Cidade conversou com torcedores e, alguns se mostraram revoltados, mas outros levaram numa boa, chegando a fazer piada com a situação.

“Sentimento não só de tristeza, como também de angústia e muita raiva, porque o Cruzeiro não somente foi rebaixado de divisão, como foi roubado por um grupo de criminosos que assumiram a direção do time, e que simplesmente conseguiram destruir a história de um clube, até então conhecido também pelo equilíbrio financeiro”. – comentou o presidente da Máfia Azul de Lagoa da Prata, Vitor Modesto.

“Não dá pra acreditar! É lamentável tudo o que vimos acontecer em campo. Mas isso já era previsto. É lamentável a queda de um time de tamanha expressão”. – André Ferreira, comerciante.

“Acho que o fato do Cruzeiro ter caído para a série B não tem nada de ruim. O time não estava jogando como um A. Acredito que isso será um ponto positivo para que os jogadores repensem o modo de atuar em campo”. – Farlandes Almeida, engenheiro agrônomo.

“Se o Cruzeiro escapasse, voltaria todo aquele ‘oba oba’ e a falácia interminável de que time grande não cai, ou seja, o momento de hoje seria apenas adiado para um futuro não muito distante! Poderia ter caído de pé, se não fosse a baixaria promovida pelos torcedores. Lamentável!” – César Oliveira Júnior, pedreiro.

Conforme o presidente da Máfia Azul de Lagoa da Prata, nenhuma atividade na cidade será interrompida. “Não vamos parar, continuaremos sempre no intuito de acompanhar o Cruzeiro em todos os momentos e cumprindo nosso papel fora das arquibancadas também, como por exemplo nas ações sociais. Inclusive estamos com uma em andamento, que é a do ‘Natal Feliz!’, nossa turma está arrecadando doações de roupas e alimentos para fazermos mais feliz, esta data, para algumas famílias carentes, porque a torcida organizada é uma agremiação que age em diversas áreas, não somente no futebol e o nosso comando não está agindo diferente, esse é só um dos vários projetos que a gente ainda tem para realizar”, completou Vitor Modesto.

A crise no time

Diversas matérias veiculadas em jornais e televisão vem apontando irregularidades na equipe, além de trocas de técnicos e salários atrasados.

Para piorar a situação, com a destruição no Mineirão contabilizados em 300 mil reais, o time terá que arcar com toda responsabilidade pelos danos.

Segundo o site Globo Esporte, o Cruzeiro deixará de receber pelo menos 100 milhões de reais por causa da queda à Série B do Brasileiro e da não-participação em nenhuma competição internacional de 2020. Isso obrigará o clube a se desfazer de seus principais jogadores nas próximas semanas. O orçamento do futebol para o ano que vem será um dos mais enxutos das últimas décadas do clube.

Netwise

Tudo isso trará outros problemas para o Cruzeiro, afetando bastante a questão técnica. Sem condições de montar um time competitivo, dificilmente poderá lutar por uma posição mais privilegiada na Copa do Brasil. Com uma dívida atual em torno de R$ 520 milhões, o cenário dos próximos meses para o Cruzeiro é sombrio. A cota fixa pela presença na Série B é muito pequena – cerca de R$ 8 milhões.

Com o time na Segunda Divisão, também recai sobre o clube a desvalorização para negociar contratos pontuais. Isso é outro fator que agrava a queda de receita para 2020.

Só nos resta solidarizar com o torcedor cruzeirenses e desejar bom trabalho à equipe azul celeste no próximo ano!

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄