Primeira edição da Flilp movimenta cenário cultural em Lagoa da Prata

Primeira edição da Flilp movimenta cenário cultural em Lagoa da Prata

Foto: Divulgação/Ascom PMLP

Festa Literária de Lagoa da Prata (Flilp) aconteceu entre os dias 25 e 27 de outubro e, já em sua primeira edição, se mostrou como principal evento dedicado à literatura e cultura no município. Organizada pela secretaria de Cultura em parceria com a Academia Lagopratense de Letras (Acadelp), a Flilp homenageou o médico, escritor e cronista Ciro dos Santos (1922-2018), que explorou gêneros como poesia, conto e crônica, em torno de temas como o amor, fé e a história do povo e da cidade de Lagoa da Prata.

O primeiro dia da festa teve início na tarde de quinta–feira (25) com a abertura da livraria do evento. À noite, houve apresentação do Coral da Embaré e, logo após, aconteceu um bate-papo literário com a escritora e cantora Fernanda Takai. Onde ela contou sobre a inspiração para o livro ‘O Cabelo da Menina’ e disse acreditar que a leitura é a chave para as artes em geral. “A partir de uma boa história, você se sensibiliza, aguça a imaginação, entra em outros mundos. A nossa vida é o tempo todo mediada por pequenas histórias”, destacou.

Foto: Divulgação/Ascom PMLP

A sexta-feira (26) começou com a apresentação do coral Vozes Especiais, da Apae, a programação teve continuidade com muitos episódios de contação de histórias e bate papo com escritores. No início da noite houve teatro ao ar livre com a peça ‘Auto da Compadecida’, da Companhia de teatro CNN, que precisou ser interrompido por conta da chuva. Mais tarde o comediante Saulo Laranjeira, o Deputado João Plenário do programa humorístico A Praça é Nossa – do SBT, apresentou o show “Arte e humor”.

Foto: Beatriz Vasconcelos

O terceiro e último dia de Flilp contou com exposição de artistas locais, doação de livros, encontro com escritores, sarau em palco aberto com Kombi Janis- Carol Shineider, lançamento de livros, palestras e workshops sobre restauro de livros e cinema. Os jornalistas Cláudio Miranda, da TV Alterosa, e Cândida Carvalho, editora do Jornal de Luz, trouxeram uma reflexão sobre o Jornalismo e a Literatura. Um dos pontos discutidos foi o uso da tecnologia no fazer jornalístico. “Em tempos em que a notícia é quase que instantânea, precisamos fazer uso das mídias sociais e aplicativos de mensagens, como Facebook e Whatsapp, porém é preciso muito critério na apuração das informações recebidas por esses canais”, pontuou Cláudio.

Foto: Divulgação/ Ascom PMLP

O encerramento aconteceu com a cerimônia de premiação do 14º Concurso de Poesias, promovido pela Acadelp para desenvolver o talento artístico de estudantes e demais autores de Lagoa da Prata e região. A abertura da premiação aconteceu com uma apresentação da Banda Lira de São Carlos. Logo após, discursaram o presidente Sebastião Camilo, a presidente da Acadelp e idealizadora do Concurso Adircilene Batista e Silva, Fátima Tavares – madrinha da Acadelp; o secretário de Cultura e Turismo Patrício Gontijo e a secretária de Educação Paulene Andrade. Os acadêmicos José Eustáquio Morais e Otaviano Silva recitaram poesias por eles escritas.

Foto: Divulgação/ Ascom PMLP

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄