fbpx

Presidente da APAE de Lagoa da Prata participa do XII Congresso da Rede Mineira das APAEs

Isamim Couto Gonçalves Coelho com a Secretária de Educação do Estado de Minas Gerais Ana Lúcia Gazzola

 

Foi realizado pela Federação das APAEs do Estado de Minas Gerais, nos dias 11,12 e 13 de outubro, no Minas Centro, em Belo Horizonte, o II Fórum Mineiro de Auto gestão, Autodefesa e Família e o XII Congresso da rede mineira das APAEs.

O II Fórum Mineiro de Auto gestão, Autodefesa e Família abordou o tema: “Protagonismo da Mulher/Mãe de Pessoa com Deficiência”, para os familiares e pessoas com deficiência.

O décimo primeiro Congresso da Rede Mineira das APAEs abordou o tema: “Tecnologia Assistiva, Promovendo o Desenvolvimento de Pessoas com Deficiência Intelectual” para os profissionais da rede APAE.

O evento contou com a presença de autoridades na cerimônia de abertura.

Entre essas autoridades estiveram presentes o Exmo. Dr. Antônio Anastásia, governador do estado de Minas Gerais e a secretária de Educação do Estado de Minas Gerais, Professora Ana Lúcia Gazzola.

Durante a cerimônia de abertura, o presidente da Federação das APAEs do Estado de Minas Gerais, deputado Eduardo Barbosa, prestou homenagem ao Governador e concedeu-lhe o título de “Sócio Benemérito” por defender a continuidade e a necessidade da existência das escolas especiais das APAEs do estado de Minas Gerais.

Foi apresentado um vídeo institucional do programa Casa Lar em comemoração aos 17 anos de trabalhos desenvolvidos pelas APAEs. Este programa foi desenvolvido em parceria com o Estado, para abrigar as pessoas com deficiência que estavam internadas na FEBEM.

A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República financiaram o II Fórum Mineiro de Auto gestão, Autodefesa e Família pela Federação das APAEs. A ministra, Eleonora Menicucci, disse que para a pessoa com deficiência é possível viver sem limites, divulgou os programas federais de valorização das mulheres, destacando o papel das mulheres com deficiência no plano nacional de valorização das mulheres.

O Governador Antônio Anastásia garantiu que o estado de Minas Gerais não irá retroceder nas questões relativas às escolas especiais, Disse ainda que as APAEs são exemplos de combate ao preconceito e que a tecnologia assistiva é a ciência à disposição da humanidade.

Na solenidade de abertura do Congresso e do Fórum aconteceu a premiação dos trabalhos do II Prêmio Estadual Eduardo Barbosa. O prêmio foi instituído com o objetivo de avançar na produção do conhecimento sobre temas referentes à deficiência intelectual, constituindo um incentivo à documentação, sistematização, produção e divulgação de textos acadêmicos e científicos de projetos e experiências inovadoras no âmbito do movimento ‘apaeano’ mineiro e da comunidade cientifica.

Representantes da APAE de Lagoa da Prata participaram do XII Congresso das APAEs de Minas Gerais e do II Fórum Mineiro de Auto gestão, Auto defesa e Família.

Entre os representantes destacaram-se a Presidente a APAE, senhora Isamim Couto Gonçalves Coelho, a auto defensora Bárbara Rodrigues, representantes de pais e profissionais. A professora Eunice Pereira participou da mesa redonda apresentando trabalho com o tema: Tecnologias assistivas facilitadoras da aprendizagem da pessoa com autismo. As tecnologias assistivas desviam o olhar da deficiência para os apoios necessários ao desenvolvimento da funcionalidade da pessoa com deficiência.

Dentro do Fórum Mineiro de Auto gestão, Autodefesa e Família foi discutido o documento intitulado “Carta de Belo Horizonte”. Esse documento foi elaborado pelas famílias e auto defensores, com o objetivo de aprimorar a qualidade nos serviços prestados às pessoas com deficiência intelectual e múltiplas, pontuando as necessidades das pessoas com deficiência intelectual atendidas nas APAEs do Estado de Minas Gerais.

O encerramento do evento contou com a presença do ator Breno Viola que falou um pouco sobre seu trabalho com ator do filme “Colegas”. Breno Viola é auto defensor do movimento DOWN, Com espontaneidade e bom humor ressaltou a importância da inclusão social.

O Fórum e o Congresso da APAEs Mineiras é um espaço de discussão e debates além da defesa dos direitos das pessoas com deficiência visa, também a troca de experiências e a capacitação de profissionais da Rede Mineira das APAEs.

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄