fbpx

Prefeitura de Lagoa da Prata cancela Carnaval 2022

Anúncio já havia sido feito em entrevista concendida à rádio local; nota oficial divulgada nesta sexta-feira (7), informou que cancelamento atende às orientações da Secretaria Estadual de Saúde.

Em entrevista concedida nesta quinta-feira (6), à Rádio Veredas, de Lagoa da Prata, o prefeito Di-Gianne Nunes confirmou o cancelamento do carnaval de 2022. Questionado sobre como a atual gestão pretende enfrentar o aumento de casos de covid-19 neste início de ano, ele comentou: “Vamos lidar da forma como sempre lidamos, com muita responsabilidade. Não vai ter carnaval, porque nenhuma outra cidade da região vai ter, e nós não podemos ser uma ilha. Os números aumentaram, mas graças a Deus, estão tendo sintomas leves”. 

A assessoria de comunicação da Prefeitura, por meio de nota oficial, informou que o cancelamento acontece em atenção às recomendações da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG).

“Mesmo com o alto índice de vacinação atingido pela população, o momento ainda apresenta incertezas, uma vez que casos de novas variantes e síndrome gripal estão em circulação”, ponderou o executivo. 

Durante a entrevista desta quinta-feira (6), o prefeito ainda ressaltou os esforços feitos desde o início da gestão para o controle da pandemia. Ele cita o Centro de Testagem que, atualmente, funciona no Poliesportivo Francelino Resende, e atende toda a população da cidade de forma gratuita.

“Estamos adquirindo mais testes porque a corrida está grande, muitas cidades devem entrar nesta luta, mas estamos amparados para isso”. 

Ele ainda falou sobre as infecções pela variante Ômicron, sobre a qual explicou que, como a cobertura vacinal da cidade está alta, os riscos de complicação por esta variente foram significativamente minimizados. O prefeito, ainda, orientou a população a tomar a dose de reforço da vacina, que confere uma proteção ainda maior em caso de contágio. 

A respeito da relação entre o aumento de casos e os eventos realizados pela cidade, Di-Gianne afirmou que este raciocínio está incorreto. “Tem cidades vizinhas que não tiveram show e tiveram um aumento de casos maior que o nosso”.

Sobre a realização de eventos particulares durante o período de Carnaval, a assessoria de comunicação informou que os eventos particulares serão monitorados conforme normas do Programa do Governo Estadual “Minas Consciente”.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄