fbpx

Polo de inovação tecnológica será implantado no IFMG Formiga

Robson de Castro Ferreira. (Foto: Lorene Pedrosa)

Por: Últimas Notícias

Após concorrer com 25 campus de todo país e passar por diversas análises técnicas criteriosas feitas pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), o Campus Formiga do IFMG foi um dos cinco aprovados para a implantação de um polo de inovação tecnológica.

O campus receberá o polo de inovação em Sistemas Automotivos Inteligentes e terá como empresa prospectada o Grupo Fiat-Chrysler Automobiles, que atualmente já é parceira da instituição.

Serão investidos na primeira etapa do projeto, R$9 milhões, divididos, igualmente, pela Embrapii, a empresa e pelo IFMG. Os valores serão investidos na compra de equipamentos, capacitação profissional e para arcar com bolsas de estudo destinadas a alunos e professores que fizerem parte do programa. O gerenciamento desses recursos financeiros ficará a cargo da Fundação Artur Bernardes, da cidade de Viçosa.

Na tarde de quarta-feira (4), o diretor-geral do Campus Formiga, professor Robson de Castro Ferreira, esteve na redação do portal e falou das expectativas futuras para o município a partir dessa conquista. “Estamos empolgados com a escolha. Nos esforçamos muito e é gratificante ver que deu tudo certo. A intenção é fazer com que o IFMG esteja cada vez mais enraizado na comunidade formiguense e essa experiência do polo de inovação tecnológica tem tudo para, no futuro, mudar o cenário econômico da cidade, gerando novas empresas, abertas pelos nossos alunos, mudando o perfil dos empregos e aumentando a renda dos moradores da cidade”, comentou.

O resultado foi recebido com muito entusiasmo pela equipe do Campus Formiga e do IFMG, especialmente pelos profissionais que trabalharam diretamente na elaboração do plano de ação.

Para a prospecção da empresa automobilística que será parceira no projeto, o IFMG contou com o apoio irrestrito do vereador Juarez Carvalho.

Demais propostas aprovadas

O Conselho de Administração da Embrapii aprovou também as propostas dos Institutos Federais Fluminense, Bahia, Ceará e Espírito Santo. As cinco unidades de pesquisa se juntarão a outras 13 já conveniadas com o objetivo de atender demandas específicas da indústria, desenvolvendo projetos inovadores.

Os centros de pesquisa têm um plano de ação para os próximos três anos e atuam nas áreas: Sistemas automotivos inteligentes (Instituto Federal de Minas Gerais), sistemas embarcados e mobilidade digital (Instituto Federal do Ceará), metalurgia (Instituto Federal do Espírito Santo), equipamentos médicos (Instituto Federal da Bahia) e monitoramento e instrumentação para o ambiente (Instituto Federal Fluminense).

IFMG Formiga

Atualmente, o campus Formiga do instituto conta com 680 alunos. Esse número poderá chegar a 1200 já no próximo ano.

O instituto oferece cinco cursos de graduação (engenharia elétrica, ciências da computação, administração, técnólogo gestão financeira e matemática –licenciatura) e três técnicos (eletrotécnica, computação e administração), sendo que todos ocorrem concomitantemente com o ensino médio.

O campus já desenvolve uma série de projetos de extensão com contato e retorno direto para a comunidade. “Nossa intenção é estar cada vez mais entranhados na sociedade formiguense”, encerrou o diretor-geral do campus do IFMG de Formiga.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄