Policial conta detalhes da prisão de autores de furto no bairro Maria Fernanda I

Policial conta detalhes da prisão de autores de furto no bairro Maria Fernanda I

Fotos: Polícia Militar

O militar ainda ressaltou a importância da ajuda da população no combate aos crimes

A Polícia Militar de Lagoa da Prata prendeu na manhã de hoje (1), dois autores de furto.  Em entrevista ao repórter Luiz Francisco, da rádio Veredas, o Sargento Pereira, contou detalhes da ação. “O Grupo Tático estava realizando uma Operação de Batida Policial no momento em que a Sala de Operações recebeu  uma denúncia de que na rua Santa Catarina, no bairro Maria Fernanda I, dois indivíduos pularam o muro de uma residência, em que os moradores estavam trabalhando”, disse.

O militar explicou que de imediato os policiais deslocaram para o local e fecharam cerco na residência. “A residência estava trancada e tivemos que pular o muro. Fizemos o cerco pelos fundos. Um dos indivíduos tentou pular o muro e eu fiz a abordagem. Então, ele voltou para dentro da residência, mas foi abordado pela minha equipe que já estava dentro da casa. Lá, havia outro indivíduo que estava escondido, mas que também foi preso”.

Foi feito contato com um dos responsáveis da residência, que é professor, e este foi até o local. “Dentro da residência notamos que os autores haviam vasculhado o local e, inclusive, separado objetos de valor e colocado dentro de algumas mochilas. Eles iam levar notebook, joias, entre outros objetos. Para entrar dentro da casa, eles arrombaram a janela da cozinha”, afirmou.

Os autores foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências. “Eles foram pegos em flagrante e agora, que passem um bom tempo na cadeia. Eles já são conhecidos nos meios policiais por entrarem em residências e praticarem furtos “.

O militar ainda ressaltou a importância da ajuda da população no combate aos crimes. “Foi muito importante, muito importante mesmo, a denúncia feita por moradores. É de suma importância que a população denuncie quando notarem a presença de suspeitos entrando em uma residência para que a Polícia Militar faça a abordagem. Esses indivíduos não têm coragem de trabalhar, acham fácil entrar na casa de pessoas honestas e levarem aquele bem que se levou anos para adquirir e em poucos minutos eles pegam e trocam em drogas para poder satisfazer as suas vontades. O mais incrível é a facilidade que eles têm para se esconder, mas hoje a casa caiu”, explicou.

Netwise

A polícia pede à população que, além de denúncias, que podem ser realizadas de forma anônima, se souberem de alguma informação que vá contribuir para que se chegue a autores de crimes informe os militares ou civis. “Ninguém vai entregar a pessoa que denunciou. Nós, policiais, estamos aqui para coibir esses ‘vagabundos’”.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄